Redes Sociais e Eleições Municipais: Um Estudo Sobre a Campanha no Facebook do Candidato Assis Ramos em Imperatriz-MA

Autores

  • Vitor Curvelo Fontes Belém Universidade Federal do Maranhão
  • Carla Costa Farias Universidade Federal do Maranhão
  • Rebeca Andrade Avelar Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.5216/ci.v21i1.50670

Palavras-chave:

Redes Sociais. Facebook. Campanha Eleitoral. Engajamento.

Resumo

A inserção das redes sociais no cotidiano tornou-se uma arena de discussões, (des)construção e campo de (in)formação. É nesse contexto que se insere a proposta deste trabalho, que busca analisar o uso do Facebook como estratégia de projeção, tendo como corpus as publicações da fanpage oficial do candidato Assis Ramos (PMDB) à prefeitura da cidade de Imperatriz - MA. Desta maneira, busca-se compreender como essa ferramenta colaborou com a construção da imagem do político, promovendo o engajamento do público nas redes sociais durante a campanha eleitoral, no período de 16 de agosto a 01 de outubro de 2016. Para dar sustentação à pesquisa inicial, se fez necessário revisar os conceitos de propagação e engajamento (JENKINS; FORD; GREEN, 2014) e como procedimento metodológico, optou-se pelo estudo de caso (YIN, 2015). O estudo aponta que nesse contexto local as redes sociais impulsionam a popularidade do candidato aumentasse e auxiliam no planejamento de estratégias de comunicação para outras mídias

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vitor Curvelo Fontes Belém, Universidade Federal do Maranhão

Professor Assistente do curso de Jornalismo da Universidade Federal do Maranhão. Doutor e mestre em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Tem especialização em Comunicação e Mídias Digitais pela Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe (Fanese) e graduação em comunicação social, com habilitação em jornalismo, pela Universidade Tiradentes (Unit). Atua como membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de jornalismo e é vice-coordenador da Pós-Graduação Lato Sensu em Assessoria de Comunicação Empresarial e Institucional (PósAscom / UFMA). Líder do Grupo de Pesquisa em Convergência e Narrativas Audiovisuais (CONNAU / UFMA-CNPq) e integrante do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Política e Sociedade (COPS / UFMA-CNPq). Sócio membro da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) e da Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo (SBPJOR). Tem experiências profissionais na imprensa televisiva e impressa, bem como em comunicação institucional. Desenvolve pesquisas na área da comunicação e tem interesse nos seguintes temas: noticiabilidade, gêneros jornalísticos, telejornalismo, infotenimento, convergência e mediação cultural.

Carla Costa Farias, Universidade Federal do Maranhão

Jornalista, com especialização em Comunicação Empresarial e Institucional pela UFMA e MBA em Marketing pela INESPO. Integrante do Grupo de Pesquisa em Convergência e Narrativas Audiovisuais (CONNAU).

Rebeca Andrade Avelar, Universidade Federal do Maranhão

Jornalista (UFMA). Integrante do Grupo de Pesquisa em Convergência e Narrativas Audiovisuais (CONNAU).

Referências

AGGIO, Camilo; REIS, Lucas. Campanha eleitoral no Facebook: usos, configurações e o papel atribuído a esse site por três candidatos eleitos nas eleições municipais de 2012. Revista Compolitica, v. 3, 2013.

BACHINI, Natasha. Sob o piado do Twitter: o novo tom das campanhas eleitorais com a difusão da internet no Brasil - Novos Resultados. In: Congresso Latino Americano de Ciência Política, organizado pela Associação Latino Americana de Ciência Política (ALACIP),VI, Quito, Equador, 2012.

CARLOMAGNO, Márcio Cunha. Eleições como de costume? Uma análise longitudinal das mudanças provocadas nas campanhas eleitorais brasileiras pelos impactos das tecnologias digitais (1998 - 2914). In: Congresso da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política, VI, Pontífica Universidade Católica do Rio de Janeiro. 2015

JAMIL, Francisco Paulo; SAMPAIO, Rafael. Internet e eleições 2010 no Brasil: rupturas e continuidadesnos padrões mediáticos das campanhas políticas online. Revista Galáxia, São Paulo, n. 22, p. 208-221, dez. 2011.

MARQUES; F.P.J.A.(Orgs.). Do Clique à Urna: Internet, Redes Sociais e Eleições no Brasil. Salvador: EDUFBA, 2013.

PENTEADO, Claudio Luis de Camargo. Marketing político na era digital: perspectivas e possibilidades. Revista USP - Marketing Político. USP, CCS, agosto, 2011.

RECUERO, Raquel. Redes Sociais na Internet, Difusão de Informação e Jornalismo: Elementos para discussão. In: SOSTER, Demétrio de Azeredo; FIRMINO, Fernando.. (Org.). Metamorfoses jornalísticas 2: a reconfiguração da forma. Santa Cruz do Sul: UNISC, 2009, v. , p. 1-269.

SANTANA, Rosane Soares. Participação Política dos Eleitores de Salvador usuários de mídias sociais nas eleições de 2014. In: Congresso da Associação Brasileira de Pesquisadores em Comunicação e Política, VI, Pontífica Universidade Católica do Rio de Janeiro. 2015

STROMER-GALLEY, Jennifer. On-Line interaction and why candidates Avoid it. Journal of Communication, v. 50, n. 4, 2000.

Downloads

Publicado

13-06-2018

Como Citar

BELÉM, V. C. F.; FARIAS, C. C.; AVELAR, R. A. Redes Sociais e Eleições Municipais: Um Estudo Sobre a Campanha no Facebook do Candidato Assis Ramos em Imperatriz-MA. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 21, n. 1, p. 126–141, 2018. DOI: 10.5216/ci.v21i1.50670. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/50670. Acesso em: 25 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos