Teoria Democrática Contemporânea e Meios de Comunicação de Massa: uma discussão preliminar

Autores

  • João Paulo Jonas Almeida Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB)
  • Gilberto Wildberger Almeida Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.5216/ci.v21i1.45481

Palavras-chave:

Comunicação. Democracia. Cidadania

Resumo

Resumo: Este artigo tem como objetivo revisitar algumas das principais correntes teóricas contemporâneas de democracia, buscando apontar alguns dos motivos que as levaram a negligenciar os meios de comunicação em seus universos de reflexão. O artigo se divide em três seções. A primeira seção introduz a problemática ao abordar os principais problemas e tensões que atravessam o sistema democrático em sociedades complexas. A segunda revisita algumas das principais formulações teóricas contemporâneas de democracia, buscando explicitar como a qualificaram. Por fim, a conclusão aponta para a necessidade de pensar a democracia em estreita ligação com o universo da comunicação pública. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Jonas Almeida, Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB)

Professor da Universidade Federal do Oeste da Bahia. Doutorando em difusão do conhecimento pela Universidade Federal da Bahia(UFBA)

Gilberto Wildberger Almeida, Universidade Federal da Bahia

Doutor em Comunicação pela Faculdade de Comunicação (FACOM) da Universidade Federal da Bahia (2000).

Referências

ALVES, P. C; RABELO, M.; SOUZA, I. M. Hermenêutica-fenomenológica e compreensão nas Ciências Sociais. Revista Sociedade e Estado, v. 29, n. 1, jan./abr., 2014.

AVRITZER, Leonardo. A moralidade da democracia. São Paulo: Perspectiva, 2011. (Coleção Debates, 272).

AVRITZER, L. SANTOS, B. S. Para ampliar o cânone democrático. In: SANTOS, Boaventura Souza (Org.). Democratizar a democracia: os caminhos da democracia participativa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

BARROS, Alberto Ribeiro Gonçalves de. Republicanismo. In: RAMOS, F. C.; MELO, R.; FRATESCHI, Y. (Org.). Manual de filosofia política. São Paulo: Saraiva, 2012.

BERGER, P. L; LUCKMAN, T. A construção social da realidade. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998

BRANDÃO, Elizabeth. Pazito. O conceito de comunicação pública. In: DUARTE, J. (Org.). Comunicação pública: estado, mercado, sociedade e interesse público. São Paulo: Atlas, 2007.

COHEN, J. Deliberation and democratic legitimacy. In: BOHMAN, J.; REHG, W (Org.). Deliberative democracy. Cambridge: MIT Press, 1997. p.67-92

DAHL, R. Poliarquia: participação e oposição. São Paulo: Edusp, 2005

DOWNS, Anthony. Uma teoria econômica da democracia. São Paulo: Edusp, 2015

FERES JR., J.; HEISENBERG, J. Dormindo com o inimigo: uma crítica ao conceito de confiança. Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 49, n. 3, 2006.

GADAMER, H.G. O problema da consciência histórica. São Paulo: FGV, 1996.

GAVENTA, J. Prefácio. In: COELHO, Vera Schattan P.; NOBRE, Marcos (Org.). Participação e deliberação: teoria democrática e experiências institucionais no Brasil contemporâneo. São Paulo: Ed. 34, 2004.

GOMES, W. Transformações da política na era dos meios de comunicação de massas. São Paulo: Paulus, 2004.

HABERMAS, Jürgen. Mudança estrutural da esfera pública. São Paulo: Unesp, 2014.

______. Teoria do agir comunicativo. São Paulo: Martins fontes, 2012.

______. Três modelos normativos de democracia. Lua Nova Rev. de Cultura Política, n. 36, p. 39-53, 1995.

HELD, David. Models of democracy. Stanford: Stanford University Press, 1996.

LOCKE, J. Segundo tratado sobre o Governo. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

MACPHERSON, C. B. A democracia Liberal: origens e evolução: Rio de Janeiro: Jorge Zahar,1978

MELO, Rúrion. Teorias Contemporâneas da democracia: entre o realismo político e concepções normativas. In: RAMOS, F. C.; MELO, R.; FRATESCHI, Y. (Org.). Manual de filosofia política. São Paulo: Saraiva, 2012.

MIGUEL, Luís Felipe. Introdução – igualdade e democracia no pensamento político. In: MIGUEL, L. F. (Org.). Desigualdade e democracia. o debate da teoria política. São Paulo: Unesp, 2015.

MIGUEL, Luís Felipe. Democracia e representação: territórios em disputa. São Paulo: Unesp, 2014.

______. Os meios de comunicação e a prática política. Lua Nova, n. 55-56, 2002.

______. Um ponto cego nas teorias da democracia: os meios de comunicação BIB, Rio de Janeiro, n. 49, p. 51-77, 1. sem. 2000.

MOISÉS, José Álvaro (Org.) Democracia e confiança. por que os cidadãos desconfiam das instituições públicas? São Paulo: Edusp, 2010.

NOBRE, Marcos. Participação e deliberação na teoria democrática: uma introdução. In: COELHO, Vera Schattan P.; NOBRE, Marcos (Org.). Participação e deliberação: teoria democrática e experiências institucionais no Brasil contemporâneo. São Paulo: Ed. 34, 2004.

SCHUMPETER, Joseph. Capitalismo, socialismo e democracia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1984.

THOMPSON, John B. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

WEBER, M. Economia e sociedade. Brasília: UNB, 2002.

WEBER, M. O socialismo. In: Gertz, R. Max Weber e Karl Marx. São Paulo: Hucitec, 1994

WEBER, Maria Helena. Imagem pública In: RUBIM, Antônio Canelas A. (Org.). Comunicação e política: conceitos e abordagens. Salvador: EdUFBA, 2004.

______. Visibilidade e credibilidade: tensões da comunicação política. In: MAIA, Rousiley Celi Moreira; CASTRO, Maria Céres Pimenta Spínola. Mídia, esfera pública e identidades coletivas. Belo Horizonte: UFMG, 2006.

Downloads

Publicado

2018-06-13

Como Citar

ALMEIDA, J. P. J.; ALMEIDA, G. W. Teoria Democrática Contemporânea e Meios de Comunicação de Massa: uma discussão preliminar. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 21, n. 1, p. 51–69, 2018. DOI: 10.5216/ci.v21i1.45481. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/45481. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos