O perfil de jornalistas na cobertura especializada em ciência

Autores

  • Marli dos Santos Universidade Metodista de São Paulo (UMESP)

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v15i1.22510

Palavras-chave:

Jornalismo Especializado. Jornalismo Científico. Perfil de Repórteres. Folha de São Paulo. O Estado de S. Paulo. Superinteressante. Galileu.

Resumo

Este artigo trata do perfil de jornalistas brasileiros na cobertura especializada em ciência em São Paulo. O objetivo é investigar algumas pistas sobre a influência do perfil do jornalista na produção da informação científica, além de reflexões acerca da qualidade na cobertura. Para isso, foi realizado um levantamento das características dos profissionais que atuam em jornalismo científico na cidade de São Paulo, em revistas, jornais e internet, bem como suas opiniões a respeito do perfil e da cobertura em ciência, por meio de questionários com perguntas fechadas e abertas. Trata-se de amostra não-probabilística, por acessibilidade.  O principal resultado aponta para a formação especializada como principal motivo de  mudança no perfil dos profissionais, porém isso ainda  não reflete  na qualidade da cobertura jornalística em ciência.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-02-08

Como Citar

SANTOS, M. dos. O perfil de jornalistas na cobertura especializada em ciência. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 15, n. 1, p. 197–216, 2013. DOI: 10.5216/c&i.v15i1.22510. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/22510. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos