As histórias de vida e a configuração dos gêneros jornalísticos: o caso da série “Gente de São José”

Autores

  • Francisco de Assis Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v15i1.22497

Palavras-chave:

Histórias de Vida. Gêneros Jornalísticos. Jornalismo Diversional. Jornalismo Interpretativo. Série Gente de São José. Life Stories. Journalistic Genres. Diversional Journalism. Interpretive Journalism. Celebrity Series of St. Joseph.

Resumo

O trabalho discute as histórias de vida como categoria constitutiva de gêneros jornalísticos, demonstrando que elas estão a serviço de, pelo menos, duas classes de textos comumente praticadas pelos profissionais da área: o jornalismo interpretativo e o jornalismo diversional. Para tratar disso, utilizamos como pano de fundo a série “Gente de São José”, publicada pelo jornal Valeparaibano (editado em São José dos Campos, SP, Brasil), de 2 a 25 de abril de 2009. Nossa reflexão procura agendar um aspecto importante para o entendimento dessa dinâmica: o papel singular do jornalista e de sua percepção sobre o mundo e sobre os personagens que o rodeiam. Trata-se de estudo de caso, que se vale de técnicas diversas, como pesquisa documental e entrevista semiestruturada. Ao término do percurso analítico, anotamos algumas considerações – não conclusivas – que nos indicam elementos subjetivos, mas coerentes ao processo de elaboração do jornalismo, notadamente influentes nas decisões e nas escolhas que resultam no trabalho publicado pela imprensa.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco de Assis, Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM)

Professor do curso de Jornalismo da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). Doutorando e Mestre em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp). Vice-coordenador do grupo de pesquisa (GP) Gêneros Jornalísticos, da Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom).

Downloads

Publicado

2013-02-08

Como Citar

ASSIS, F. de. As histórias de vida e a configuração dos gêneros jornalísticos: o caso da série “Gente de São José”. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 15, n. 1, p. 66–85, 2013. DOI: 10.5216/c&i.v15i1.22497. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/22497. Acesso em: 4 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos