Discursividades modernas na América Latina

Autores

  • Sebastião Guilherme Albano da Costa Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v14i1.21498

Palavras-chave:

América Latina. Mídias. Literatura. Crítica social.

Resumo

Resumo

No âmbito das ciências humanas e sociais a modernidade é um fenômeno de consensos e convergências. Seus grandes postulados, como a organização política em estados nacionais, as práticas econômicas capitalistas e a burocratização das relações sociais são sobretudo acordos formais que intentam homogeneizar as práticas  e as mentalidades. Neste estudo apontar-se-á parte das constantes que orientam a apreensão e a elaboração efetuada na América Latina dos conteúdos modernos, notadamente daqueles relacionados com a ascensão das instituições educativas, das ciências sociais, da literatura e da indústria da comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sebastião Guilherme Albano da Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Graduado em Comunicação Social (Jornalismo) pela Universidade Federal Fluminese (UFF) e pela Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM, 1986-1991), mestre em "Letras Latinoamericanas" pela Universidad Nacional Autónoma de México (1994-1998), com estágio na University of Texas at Austin (UT), e doutor em Comunicação pela Universidade de Brasília (2004-2007), com estágio na UNAM e na University of Texas at San Antonio (UTSA).

Downloads

Publicado

07-12-2012

Como Citar

COSTA, S. G. A. da. Discursividades modernas na América Latina. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 14, n. 1, p. 31–44, 2012. DOI: 10.5216/c&i.v14i1.21498. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/21498. Acesso em: 27 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigos