Influência de diferentes métodos de restauração ecológica sobre a assembleia de Aves em agroecossistema subtropical no Brasil

Autores

  • Huilquer Francisco Vogel Universidade Estadual do Paraná, campus de União da Vitória.

Palavras-chave:

Subtropical forests, Mata Atlântica, restoration ecology, ecological succession, Neotropical birds.

Resumo

A restauração ecológica possibilita a manipulação da complexidade e heterogeneidade da paisagem, que são determinantes para a estruturação de comunidades animais. Nesse sentido, no primeiro capítulo do trabalho foram avaliados parâmetros de diversidade da assembleia de aves em parcelas experimentais sob três técnicas de restauração ecológica: nucleação (NC), restauração passiva (PR) e plantação de alta diversidade (HD). No segundo capítulo, foi testada a hipótese de que poleiros artificiais utilizados na restauração ecológica são determinantes em promover aumento da riqueza e diversidade de aves em parcelas restauradas por meio da nucleação. Adicionalmente, foi investigada a capacidade das diferentes técnicas de restauração para a atração da avifauna ocorrente em uma área florestal nas proximidades do experimento. No terceiro capítulo, testou-se a hipótese de que a estrutura da assembleia de aves em poleiros artificiais é afetada pela variação sazonal. Os três capítulos foram feitos com base em dados provenientes de 12 parcelas experimentais implantadas em um agroecossistema subtropical que está sendo restaurado no sudoeste do estado do Paraná, Brasil. As análises estatísticas utilizadas foram basicamente ANOVA para comparar parâmetros que compõem a diversidade. Além disso, a descrição da estrutura e composição da assembleia de aves foi feita por meio de testes específicos utilizados em estudos de biodiversidade. No primeiro capítulo foi observado que a maior riqueza de aves ocorre no tratamento restaurado por meio das técnicas de nucleação (49 ± 2,45 DP espécies). A menor riqueza ocorreu no tratamento HD (37 ± 3,14 DP espécies) com um padrão estatístico semelhante para abundância e diversidade (NC > PR > HD). O padrão funcional da nucleação demonstra evidências de que o método responde favoravelmente às hipóteses do equilíbrio dinâmico, heterogeneidade e complexidade da paisagem. Contudo, conforme dados do segundo capítulo, quando são desconsiderados os resultados obtidos exclusivamente nos poleiros artificiais, o padrão dos componentes de diversidade de aves na nucleação aplicada não difere do observado na restauração passiva. Na plantação de alta diversidade se obteve a maior similaridade na riqueza e diversidade avifaunística entre os procedimentos de restauração com relação ao ambiente florestal próximo, demonstrando evidência de que pode ter maior potencial conservacionista em médio prazo. Dados provenientes dos poleiros artificiais (capítulo 3) demonstraram que eles foram inefetivos para atrair aves frugívoras, reforçando que a dispersão de sementes tende a ser efetuada principalmente por insetívoros e onívoros generalistas em agroecossistemas subtropicais, onde a riqueza da assembleia dispersora pode ser afetada pela variação sazonal.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

11-02-2016

Como Citar

VOGEL, H. F. Influência de diferentes métodos de restauração ecológica sobre a assembleia de Aves em agroecossistema subtropical no Brasil. Revista de Biologia Neotropical / Journal of Neotropical Biology, Goiânia, v. 12, n. 1, p. 58–59, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/RBN/article/view/31484. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Resumo de Tese