INTOXICAÇÃO PELAS FOLHAS DE CARNAÚBA, Copernicia prunifera (PALMAE) EM RUMINANTES

Autores

  • Gildarte Araújo Pereira de Andrade Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA)
  • Raquel Ribeiro Barbosa Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA)
  • Jael Soares Batista Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA)
  • Benito Soto-Blanco Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA)

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v9i2.965

Palavras-chave:

Sanidade Animal, toxicologia animal

Resumo

Apontou-se a utilização das folhas de Copernicia prunifera (Arecaceae) como alimento exclusivo para bovinos como responsável pela morte de 40 dos 146 animais durante um período de dois meses de consumo. Administraram-se as folhas dessa planta experimentalmente para dois caprinos que morreram com 31 e 56 dias após o início da ingestão. Clinicamente a doença foi caracterizada por aumento de consistência das fezes, fraqueza, decúbito e morte. As principais alterações patológicas foram degeneração e necrose do epitélio tubular renal e necrose hepatocelular centrolobular associada com congestão e hemorragia. Este trabalho relaciona a mortalidade de bovinos ao consumo de folhas de Copernicia prunifera e caracteriza a intoxicação experimental por esta planta em caprinos.

 

PALAVRAS-CHAVES: Bovinos, Copernicia prunifera, carnaúba, caprinos, plantas tóxicas

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-07-09

Como Citar

ANDRADE, G. A. P. de; BARBOSA, R. R.; BATISTA, J. S.; SOTO-BLANCO, B. INTOXICAÇÃO PELAS FOLHAS DE CARNAÚBA, Copernicia prunifera (PALMAE) EM RUMINANTES. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 9, n. 2, p. 396–401, 2008. DOI: 10.5216/cab.v9i2.965. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/965. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária