AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS NUTRICIONAIS COM A UTILIZAÇÃO DE CARBOIDRASES E FITASE EM RAÇÕES DE FRANGOS DE CORTE

Autores

  • Bruno Duarte A. Fortes Universidade Federal de Goiás
  • Marcos Barcellos Cafe Universidade Federal de Goiás
  • Jose Henrique Stringhini Universidade Federal de Goiás
  • Jerônimo Á. Gonçalves de Brito Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
  • Pedro L. de Paula Rezende Universidade Federal de Goiás
  • Roberta Dias Silva Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v13i1.8705

Palavras-chave:

Produção de aves

Resumo

O experimento foi conduzido para avaliar programas nutricionais associados à suplementação de enzimas (carboidrases e fitase) em rações de frangos de corte sobre o desempenho e características de carcaça. Foram utilizados 2016 pintos de corte machos de um dia da linhagem Cobb-500, distribuídos em 32 boxes e alimentados com rações à base de milho e farelo de soja. Utilizou-se delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições com 63 aves por parcela. Os tratamentos utilizados foram: T1 - programa nutricional Cobb; T2 - redução de 4% na energia metabolizável aparente (EMA); de 3% proteína bruta (PB) e de 10% nas recomendações dos aminoácidos do T1; T3 - dieta reformulada isonutriente a T1 com 200 g/t carboidrases + 50 g/t fitase; T4 - dieta reformulada isonutriente a T2 com 200 g/t + 50 g/t fitase.  Não foi observada diferença sobre a conversão alimentar e características de carcaça na fase integral (1-42dias) de criação para os diferentes tratamentos. Contudo, o consumo de ração, peso médio ao abate e o ganho de peso foram afetados significativamente, sendo que os tratamentos suplementados com enzimas apresentaram maior consumo de ração do que os tratamentos sem a suplementação enzimática, maior peso médio ao abate e maior ganho de peso. Conclui-se que o uso das carboidrases associadas à inclusão de fitase foi efetivo para elevar a energia metabolizável aparente das rações à base de milho e farelo de soja. A adição das enzimas na dieta das aves permitiu um aumento no consumo de ração de 5,18% e melhoria no ganho de peso de 4,39%.

PALAVRAS-CHAVE: aves; carboidrases; desempenho; fitase; rendimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Duarte A. Fortes, Universidade Federal de Goiás

Doutorando no Departamento de Produção Animal – Escola de Veterinária – Universidade Federal de Goiás, Caixa Postal 131, Campus II, Goiânia – GO, 74001-970.

Marcos Barcellos Cafe, Universidade Federal de Goiás

Professor Doutor do Departamento de Produção Animal – Escola de Veterinária – Universidade Federal de Goiás, Caixa Postal 131, Campus II, Goiânia – GO, 74001-970.

Jose Henrique Stringhini, Universidade Federal de Goiás

Professor Doutor do Departamento de Produção Animal – Escola de Veterinária – Universidade Federal de Goiás, Caixa Postal 131, Campus II, Goiânia – GO, 74001-970.

Jerônimo Á. Gonçalves de Brito, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Professor Doutor do Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas – Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Cruz das Almas - BA, 44380-000.

Pedro L. de Paula Rezende, Universidade Federal de Goiás

Doutorando no Departamento de Produção Animal – Escola de Veterinária – Universidade Federal de Goiás, Caixa Postal 131, Campus II, Goiânia – GO, 74001-970.

Roberta Dias Silva, Universidade Federal de Goiás

Doutoranda no Departamento de Produção Animal – Escola de Veterinária – Universidade Federal de Goiás, Caixa Postal 131, Campus II, Goiânia – GO, 74001-970.

Downloads

Publicado

2012-03-29

Como Citar

FORTES, B. D. A.; CAFE, M. B.; STRINGHINI, J. H.; BRITO, J. Á. G. de; REZENDE, P. L. de P.; SILVA, R. D. AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS NUTRICIONAIS COM A UTILIZAÇÃO DE CARBOIDRASES E FITASE EM RAÇÕES DE FRANGOS DE CORTE. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 13, n. 1, p. 24–32, 2012. DOI: 10.5216/cab.v13i1.8705. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/8705. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal