Radiografia, ultrassonografia e antropometria como métodos de avaliação nutricional de cães

Autores

Resumo

O estado nutricional dos cães é um tema de destaque na atualidade por ser considerado um dos cinco parâmetros vitais dos animais. Diversas são as técnicas que permitem diagnosticar afecções ou distúrbios da condição corporal desses pacientes. Embora tenha certa subjetividade, por ser uma avaliação visual e de palpação, o escore de condição corporal (ECC) é o mais utilizado para essa finalidade. O presente estudo avaliou medidas radiográficas, ultrassonográficas e antropométricas da gordura subcutânea depositada na região dorsal sobre a sétima vértebra lombar de 100 cães, comparando-se com uma classificação duplo-cega dos pacientes na escala numérica do ECC. Houve correlação positiva das medidas ultrassonográficas com o escore de condição corporal (p-valor abaixo de 2 x 10-16 e R = 0,54) e o mesmo foi observado com as medidas radiográficas (p-valor abaixo de 2 x 10-16 e R = 0,56) e avaliações antropométricas (cujo p-valor variou de 1,55 x 10-7 a 2,34 x 10-11 e seu R foi de 0,24 a 0,36). Com isso, foi possível identificar maior intensidade na relação dos exames de imagem com o ECC. Conclui-se que a radiografia e a ultrassonografia apresentam grande potencial de utilização na rotina clínica como uma forma mais precisa e acessível de diagnosticar distúrbios nutricionais. Este é o primeiro estudo a utilizar tais equipamentos juntamente com exames de imagem para contribuir para o diagnóstico precoce de mudanças no estado nutricional e promover melhorias no acompanhamento de programas de ganho ou perda de peso.
Palavras-chave: adipômetro; canina; obesidade; radiologia; ultrassom.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2023-08-14

Como Citar

SOUZA BUZO, R. de; TREMEA, J. F.; ANDRAUS BISPO, G.; SILVA OLIVEIRA, B.; BIZI, J.; FERREIRA, W. L.; DEL RIO PINOTI, L. Radiografia, ultrassonografia e antropometria como métodos de avaliação nutricional de cães. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 24, 2023. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/75686. Acesso em: 23 jun. 2024.

Edição

Seção

MEDICINA VETERINÁRIA