PARÂMETROS HEMATOLÓGICOS, FUNÇÃO RENAL E HEPÁTICA DE CÃES DA RAÇA DOGUE ALEMÃO EM CRESCIMENTO SUPERALIMENTADOS

Autores

  • Severiana C. M. Cunha Carneiro Universidade Federal de Goiás
  • Luiz Henrique da Silva Universidade Federal de Goiás
  • Maria Clorinda S. Fioravantti UFG
  • José Henrique Stringhini UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v12i2.626

Palavras-chave:

Clínica médica

Resumo

Uma dieta apropriada é importante e os erros nutricionais podem ter consequências irreparáveis. Atualmente, a obesidade é a doença nutricional mais comum em cães, com prevalência de 16%. Em cães, o nível de atividade física, composição dietética, sabor do alimento e estilo de vida são os fatores mais importantes que contribuem para a obesidade. Este trabalho foi desenvolvido no sentido de avaliar os efeitos da superalimentação na bioquímica clínica e hematologia de filhotes saudáveis. Foram estudados 14 cães da raça Dogue Alemão, machos, 10 semanas de idade, durante 27 semanas. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com dois tratamentos, sete repetições e seis meses de duração. Os tratamentos constituíram-se de dieta super prêmio ofertada à vontade (GI) (tratamento 1) e com quantidade restrita (GII) (tratamento 2). Procedeu-se a avaliação da bioquímica sanguínea e urinária e a determinação dos parâmetros hematológicos. Constatou-se que filhotes superalimentados apresentaram elevações séricas de alfa1 globulina e menores valores de beta globulina, gama globulina, ALT, ALP e creatinina. No hemograma observaram-se maiores valores de linfócitos e menores valores no eritrograma. O índice proteína urinária: creatinina urinária não apresentou diferença entre os tratamentos.

PALAVRAS-CHAVE: Alimentação à vontade; canino; hematologia; parâmetros bioquímicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Severiana C. M. Cunha Carneiro, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Ciência Animal

Luiz Henrique da Silva, Universidade Federal de Goiás

Mestrando em Ciência Animal - UFG

Maria Clorinda S. Fioravantti, UFG

Professora Doutora do Departamento de clinica médica

José Henrique Stringhini, UFG

Professor Doutor do Departamento de Produção Animal

Publicado

2011-06-24

Como Citar

CARNEIRO, S. C. M. C.; DA SILVA, L. H.; FIORAVANTTI, M. C. S.; STRINGHINI, J. H. PARÂMETROS HEMATOLÓGICOS, FUNÇÃO RENAL E HEPÁTICA DE CÃES DA RAÇA DOGUE ALEMÃO EM CRESCIMENTO SUPERALIMENTADOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 12, n. 2, p. 279–290, 2011. DOI: 10.5216/cab.v12i2.626. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/626. Acesso em: 5 mar. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária