HEMOGRAMA E BIOQUÍMICA CLÍNICA SANGUÍNEA DE ARARAS (Ara sp.) MANTIDAS EM SÍTIOS ECOLÓGICOS NO ESTADO DA BAHIA

Autores

  • Débora Malta Gomes UFBA
  • Margarete Neres Silva
  • Renata M. Monção Silva
  • Bruno Lopes Bastos
  • Rafaela Duplat Dorea
  • Maria C. Caribé Ayres

Palavras-chave:

Bioquimica clinica, Hematologia, Psittacidae

Resumo

Esta pesquisa visou a estabelecer os valores de referência do hemograma e de parâmetros de bioquímica clínica, com fins de avaliar a função hepática de araras (Ara sp.) sadias, verificando-se a influência da espécie sobre os constituintes sanguíneos, de forma a contribuir com o monitoramento da saúde desses psitacídeos mantidos em sítios ecológicos no Estado da Bahia. Foram utilizadas 45 amostras de sangue de três espécies distintas: Ara ararauna (arara canindé, n=29), Ara macao (arara piranga, n=9) e Ara chloroptera (arara vermelha, n=7). Coletaram-se de cada ave 3,5 mL de sangue da veia ulnar, sendo 1,5 mL colocados em tubos contendo EDTA, para a realização do hemograma, e 2,0 ml, sem anticoagulante para obtenção de soro, destinados às provas de bioquímica. As médias obtidas para o hemograma do gênero Ara foram hemácias totais 2,74 ± 0,48 x106/µL; VG 36,8 ± 5,56%; Hb: 15,4 ± 2,42 g/dL; trombócitos: 9.580 ± 2.850 x103/µL; contagem de leucócitos: 5.340 ± 3.580/µL; linfócitos: 1.408,8 ± 1.020,7/µL; heterófilos: 3.252,0 ± 2.026,3/µL; monócitos: 169,1 ± 227,5/µL; basófilos: 34,2 ± 72,3/µL; eosinófilos: 186,9 ± 183,9/µL. Os resultados dos parâmetros da bioquímica sérica foram: atividade das enzimas AST 67,6 ± 12,8 UI/L; CK 77,9 ± 44,6 UI/L; LDH 240,1 ± 85,6 UI/L; colesterol 160,3 ± 34,8 mg/dL; triglicérides 111,8 ± 58,6 mg/dL; glicose 228,5 ± 38,1mg/dL e proteínas totais: 3,37 ± 0,8 g/dL. Verificou-se a influência da espécie, representada pelas diferenças significativas (p<0,05) para os valores do número de hemácias, volume globular, do número de leucócitos e da concentração de colesterol e glicose.

PALAVRAS-CHAVE: bioquímica clínica; hemograma; Psittacidae.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora Malta Gomes, UFBA

Médica veterinaria especilista em Educação Ambiental e trabalha na área de ensino e pesquisa com Meio Ambiente e Animais Selvagens

Publicado

2011-12-21

Como Citar

GOMES, D. M.; SILVA, M. N.; SILVA, R. M. M.; BASTOS, B. L.; DOREA, R. D.; AYRES, M. C. C. HEMOGRAMA E BIOQUÍMICA CLÍNICA SANGUÍNEA DE ARARAS (Ara sp.) MANTIDAS EM SÍTIOS ECOLÓGICOS NO ESTADO DA BAHIA. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 12, n. 4, p. 699–711, 2011. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/6230. Acesso em: 7 jul. 2022.

Edição

Seção

Medicina Veterinária