AVALIAÇÃO DOS METABÓLITOS FECAIS DE PROGESTERONA E ESTRONA EM OVELHAS DURANTE A GESTAÇÃO

Autores

Resumo

O objetivo deste estudo foi monitorar os níveis de metabólitos fecais de progesterona e estrona ao longo da gestação em ovelhas, correlacionando-os com os níveis séricos desses hormônios esteroides. Assim, amostras de fezes e sangue foram colhidas de cinco ovelhas no período pré-cobertura e durante a gestação, até duas semanas após o parto. Os níveis séricos de progesterona e estrona e de seus metabólitos fecais foram mensurados por enzimaimunoensaio. Os perfis hormonais séricos e fecais apresentaram correlação positiva significativa para os dois hormônios (R = 0,8572, P < 0,001 para progesterona e R = 0,5893, P < 0,001 para estrona). Os níveis de metabólitos fecais de progesterona apresentaram valores significativamente crescente entre os terços da gestação, corroborando com os níveis séricos e com os relatos da literatura. Adicionalmente, foi possível evidenciar o pico pré-parto de estrona na matriz fecal, porém sem registro na matriz sérica, provavelmente devido ao intervalo de coletas aplicado. Deste modo, este estudo demonstrou a viabilidade do monitoramento dos níveis de progesterona e estrona durante a gestação em ovinos utilizando amostras fecais, possibilitando monitoramento endócrino longitudinal não invasivo durante a gestação nessa espécie.
Palavras-chave:
 Fezes; Ovinos; Reprodução; Esteroides; Prenhez

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-10-24

Como Citar

AMARAL, R. de S.; FERREIRA, M. F.; NUNES, B. L. M.; GOMES, L. A.; DE MELO, A. N. AVALIAÇÃO DOS METABÓLITOS FECAIS DE PROGESTERONA E ESTRONA EM OVELHAS DURANTE A GESTAÇÃO. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 20, p. 1–10, 2019. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/54208. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

MEDICINA VETERINÁRIA