QUALIDADE DA ÁGUA EM FAZENDA DE CAMARÃO MARINHO Litopenaeus vannamei COM SISTEMA DE RECIRCULAÇÃO PARCIAL.

Autores

  • Agnelo Augusto de Barros Campos UFRPE
  • Enox de Paiva Maia UFRPE
  • Waleska de Melo Costa UFRPE
  • Luiz Otávio Brito UFRPE
  • Alfredo Oliveira Galvez UFRPE

Palavras-chave:

Aquicultura

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo caracterizar a qualidade da água afluente e efluente de uma fazenda de camarão marinho Litopenaeus vannamei, que opera com sistema de recirculação parcial de água. As coletas foram realizadas durante os períodos de baixamar e preamar, diurnas, nos dias de lua. Analisaram-se as seguintes variáveis: oxigênio dissolvido, temperatura, pH, salinidade, amônia, nitrato, nitrito e fosfato. Escolheram-se sete pontos de coleta, distribuídos estrategicamente, de modo a caracterizar a água desde a entrada, passando pelo interior da fazenda até sua saída. Para análise estatística, utilizaram-se análise de variância (ANOVA) e teste de Tukey (P<0,05). Observou-se que o pH e o oxigênio dissolvido apresentaram uma média de 7,72 e 6,58mg.L-1, respectivamente. As médias finais foram de 1,40mg.L-1 para amônia, 0,76mg.L-1 para nitrato, 0,08mg.L-1 para nitrito e 1,63mg.L-1 para o fosfato.

PALAVRAS-CHAVES: Camarão, vannamei, qualidade da água, recirculação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-12-21

Como Citar

CAMPOS, A. A. de B.; MAIA, E. de P.; COSTA, W. de M.; BRITO, L. O.; GALVEZ, A. O. QUALIDADE DA ÁGUA EM FAZENDA DE CAMARÃO MARINHO Litopenaeus vannamei COM SISTEMA DE RECIRCULAÇÃO PARCIAL. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 9, n. 4, p. 819–826, 2008. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/522. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Produção Animal