EFICÁCIA DE TOBRAMICINA E CIPROFLOXACINA CONTRA ISOLADOS BACTERIANOS DE OTITE EXTERNA CANINA EM UBERABA, MINAS GERAIS

Autores

Resumo

A otite externa canina é uma doença comum e recorrente em cães domésticos. Embora não seja uma ameaça à vida, pode resultar no uso excessivo de antibióticos, aumento da resistência bacteriana e redução das opções de tratamento. Este estudo teve como objetivo determinar: as principais características (idade, raça e gênero) de cães afetados por otite externa; as bactérias mais frequentemente identificadas como associadas a enfermidade e seus perfis de resistência. Um total de 221 isolados bacterianos foram identificados por características morfo-tintoriais e testes bioquímicos, e posteriormente testados contra onze antibióticos. Entre os 148 cães com diagnóstico de otite externa, 51,4% (76/148) eram machos e 48,6% (72/148) fêmeas. Os casos foram detectados principalmente em cães com idade acima de 7 anos (54,7%; 81/148). Entre as raças examinadas, poodles foram os mais acometidos (14,84%; 22/148). As bactérias mais encontradas foram: Staphylococcus coagulase-negativo. (StCN), 33,9% (75/221), Staphylococcuscoagulase-positiva (StCP), 19% (42/221), Proteus spp., 17,2% (38/221) e Pseudomonas aeruginosa, 9,5% (21/221) Resistência simultânea a mais de três classes de antimicrobianos foi mais frequentemente detectada em P. aeruginosa (61,9%; 13/21) e Proteus spp (39,47%; 15/38). Segundo os dados obtidos neste estudo, os antibióticos com maior capacidade de inibição do crescimento bacteriano in vitro foram tobramicina e ciprofloxacina. 
Palavras-chave: antimicrobiano, infecção bacteriana, cães, orelhas, resistência

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jandra Pacheco dos Santos, Universidade Federal de Uberlândia

Aluna do Programa de Pós graduação em Ciência Animal do departamento de Medicina Veterinária

Álvaro Ferreira Júnior, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO, Brazil

Professor no Departamento de Medicina Veteriária. Área de Medicina Veterinária Preventiva.

Carla Cunha Locce, Universidade de Uberaba, Uberaba, MG, Brazil

Graduada em Medicina Veterinária pela Universidade de Uberaba

Silvia Cassimiro Brasão, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, Brazil.

Médica Veterinária do Laboratório de Biotecnologia Animal Aplicada do Departamento de Medicina Veterinária

Eustáquio Resende Bittar, Universidade de Uberaba, Uberaba, MG, Brazil

Professor no departamento de medicina veterinária. Área de Sanidade Animal

Joely Ferreira Figueiredo Bittar, Universidade de Uberaba, Uberaba, MG, Brazil

Professora no departamento de medicina veterinária. Área de Sanidade Animal

Publicado

2019-08-29

Como Citar

SANTOS, J. P. dos; FERREIRA JÚNIOR, Álvaro; LOCCE, C. C.; BRASÃO, S. C.; BITTAR, E. R.; BITTAR, J. F. F. EFICÁCIA DE TOBRAMICINA E CIPROFLOXACINA CONTRA ISOLADOS BACTERIANOS DE OTITE EXTERNA CANINA EM UBERABA, MINAS GERAIS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 20, p. 1–9, 2019. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/52164. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

MEDICINA VETERINÁRIA