PREVALÊNCIA DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA E COINFECÇÕES EM REGIÃO PERIURBANA NO DISTRITO FEDERAL – BRASIL

Resumo

Resumo
Objetivou-se verificar a prevalência da leishmaniose visceral canina (LVC) em área periurbana com foco de transmissão no Distrito Federal (DF) e também avaliar a prevalência de coinfecções como dirofilariose, anaplasmose, erliquiose e doença de Lyme em cães sororreagentes para LVC. Inicialmente, amostras de soros dos cães da área de estudo foram testadas à reação imunocromatográfica que contém dois antígenos recombinantes ̶ rK39 e rK26 − (DPP) para Leishmania sp. O soro dos animais reagentes ao teste de DPP foi confirmado para LVC com ELISA. As amostras reagentes a ambos os testes foram analisadas para possíveis coinfecções através do teste de SNAP (IDEXX 4Dx Plus). Foram avaliados 240 cães, dos quais 132 (55%) obtiveram resultados reagentes para DPP e para ELISA concomitantemente, sendo diagnosticados com LVC. Destes, 26 (20%) foram reagentes para Ehrlichia canis ou E. ewangii, 9 (7%) apresentaram positividade para Anaplasma phagocytophilum ou A. platys e, nessas amostras que se apresentaram reagentes, observou-se a ocorrência de coinfecção de anaplasmose, erliquiose e leishmaniose em 3 (2,3%) animais. Verificou-se alta prevalência da LVC na região periurbana do DF, destacando-se a necessidade de diagnóstico mais preciso quanto a coinfecções que possivelmente podem influenciar no prognóstico e manifestação do quadro clínico desses pacientes.
Palavras-chave: coinfecções, leishmania, DPP, ELISA

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cassio Ricardo Ribeiro, Médico Veterinário Autonomo

Médico Veterinário Autonomo

Carolynne Arruda Gonçalves, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasilia.

Graduanda em Medicina Veterinaria

Lauricio Monteiro Cruz, Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Diretoria de Vigilância Ambiental em Saúde da Secretaria de Saúde do Distrito Federal

Paula Diniz Galera, Faculdade de Agronomia e Medicina VeterináriaUniversidade de Brasilia

Profa. Associada III da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Brasilia.

Publicado
26-04-2019
Como Citar
Ribeiro, C. R., Gonçalves, C., Cruz, L., & Galera, P. (2019). PREVALÊNCIA DA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA E COINFECÇÕES EM REGIÃO PERIURBANA NO DISTRITO FEDERAL – BRASIL. Ciência Animal Brasileira, 20(1), 1-8. Recuperado de https://revistas.ufg.br/vet/article/view/49589
Seção
MEDICINA VETERINÁRIA