ACHADOS HEMATOLÓGICOS EM SANGUE E MEDULA ÓSSEA DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS POR Ehrlichia spp. E Anaplasma spp.

Resumo

Objetivou-se analisar os achados hematológicos em sangue periférico e medula óssea em cães infectados por Ehrlichia spp. e Anaplasma spp.. Avaliaram-se 44 cães com suspeita clínica de hemoparasitose, de diferentes raças, idades e de ambos os sexos, submetidos ao exame sorológico pelo SNAP Test, a análises hematológicas e mielograma. Dos 44 cães avaliados, 63,6% (28/44) foram sorologicamente reagentes, sendo 57,1% (16/28) positivos para Ehrlichia spp., 21,4% (6/28) para Anaplasma spp. e 21,4% (6/28) de coinfectados. A trombocitopenia foi a alteração hematológica mais frequente em cães positivos para Ehrlichia spp., presente em 93,7% (15/16) (p=0,015) dos animais, enquanto a anemia macrocítica e hipocrômica prevaleceu em 66,7% (4/6) (p=0,010) dos animais infectados por Anaplasma spp.. Ao mielograma, 62,5% (10/16) (p=0,005) dos animais positivos para Ehrlichia spp. apresentaram hipoplasia medular e 75,0% (12/16) (p=0,044) diminuição do índice mieloide:eritroide (M:E). Nos animais positivos para Anaplasma spp., destacou-se a hiperplasia da série eritroide em 50,0% (3/6) (p=0,022) dos cães. Não houve associação significativa em nenhuma das análises com o grupo coinfecção (p>0,05). Os resultados obtidos neste estudo permitem inferir que o somatório de métodos laboratoriais é essencial na caracterização das hemoparasitoses em cães, agregando valor e permitindo uma efetiva consolidação do diagnóstico relacionado a essas doenças. 
Palavras-chave: análises clínicas, hemoparasitoses, imunodiagnóstico, mielograma. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa Alice da Fonseca Oliveira, Universidade Federal Rural de Pernambuco, Departamento de Medicina Veterinária, Recife, PE, Brasil

Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1997), mestrado em Ciência Veterinária (Medicina Veterinária Preventiva) pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (1999) e doutorado em Clínica Veterinária (Anatomia Patológica) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho -UNESP / Botucatu (2003). Atualmente é Professora Associada do Departamento de Medicina Veterinária da Universidade Federal Rural de Pernambuco na disciplina de Deontologia e Medicina Veterinária Legal . Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Patologia Animal e Medicina Veterinária Preventiva, atuando principalmente nos seguintes temas: Citopatologia, Medicina veterinária legal e doenças infectocontagiosas bacterianas.

Publicado
09-04-2019
Como Citar
Holanda, L., Craveiro de Almeida, T., de Mesquita, R., de Oliveira, J. M., & Oliveira, A. A. (2019). ACHADOS HEMATOLÓGICOS EM SANGUE E MEDULA ÓSSEA DE CÃES NATURALMENTE INFECTADOS POR Ehrlichia spp. E Anaplasma spp. Ciência Animal Brasileira, 20(1), 1-12. Recuperado de https://revistas.ufg.br/vet/article/view/47686
Seção
MEDICINA VETERINÁRIA