CLASSIFICAÇÃO ANDROLÓGICA POR PONTOS E CARACTERÍSTICAS ANDROLÓGICAS NA AVALIAÇÃO REPRODUTIVA DE TOUROS DA RAÇA GIR CANDIDATOS AO TESTE DE PROGÊNIE

Resumo

A eficiência reprodutiva deve ser avaliada em propriedades leiteiras para identificação de indivíduos com problemas reprodutivos ligados tanto à fêmea quanto ao macho, visando minimizar perdas na produção. A reprodução está entre os fatores que afetam a produtividade dos rebanhos e chama atenção, em alguns momentos, pelos baixos índices na pecuária tradicional. Objetivou-se estudar a ferramenta de avaliação espermática denominada índice CAP e sua correlação com as análises biométricas e morfológicas do sêmen de touros da raça Gir. Foram utilizados 34 touros da raça Gir (Bos taurus indicus) aptidão leiteira, hígidos, com 17 a 31 meses de idade e 450 kg de massa corporal média. Os touros foram submetidos a exame andrológico (avaliação física incluindo biometria testicular e morfológica do sêmen), seguido pela classificação andrológica por pontos (índice CAP). Foram realizadas três coletas independentes para avaliar a qualidade espermática por touro durante o período do experimento. De acordo com a avaliação do índice CAP, os animais foram classificados como excelentes (17 %) e muito bons (83 %). O índice CAP correlacionou-se positivamente com o perímetro escrotal e as características físicas do sêmen. 
Palavras-chave: Andrologia, biometria, perímetro escrotal, sêmen, zebuínos 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
09-04-2019
Como Citar
Ronda, J., Ribeiro, G., Jacomini, J., Neto Quintal, A., & de Vasconcelos, A. (2019). CLASSIFICAÇÃO ANDROLÓGICA POR PONTOS E CARACTERÍSTICAS ANDROLÓGICAS NA AVALIAÇÃO REPRODUTIVA DE TOUROS DA RAÇA GIR CANDIDATOS AO TESTE DE PROGÊNIE. Ciência Animal Brasileira, 20(1), 1-8. Recuperado de https://revistas.ufg.br/vet/article/view/44670
Seção
ZOOTECNIA