RECICLAGEM DE CATETERES PARA COLHEITA DE EMBRIÃO EM EQÜINOS: UMA FERRAMENTA PARA REDUÇÃO DE CUSTOS

Autores

  • Alberto Lopes Gusmao Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária
  • Tito de Albuquerque Leite Feitosa Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária
  • José Carlos de Andrade Moura Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária
  • Max Vitória Resende Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária
  • Laura Emília Panelli Martins Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária
  • Larissa Pires Barbosa Universidade Federal da Bahia - Escola de Medicina Veterinária

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v11i2.4290

Palavras-chave:

Reprodução animal

Resumo

A transferência de embriões está se tornando uma prática largamente utilizada. Apesar disso, na indústria de equinos, a colheita dos embriões é realizada a partir de ovulações simples, resultando em recuperação de, aproximadamente, 50%, o que aumenta os custos de produção. Cite-se como exemplo o custo do cateter para colheita do embrião, que varia de R$ 350,00 a R$ 450,00 (US$ 194,00 a US$ 250,00). Assim, com este trabalho objetivou-se verificar se cateteres com balão danificado podem ser recuperados sem alterar a sua eficiência. Para o estudo utilizaram-se dois grupos: controle (GI - n=10), em que a colheita não cirúrgica dos embriões das éguas foi realizada com cateter original; e o tratamento (GII - n=20), submetido à colheita do embrião com cateter recuperado. O custo do material utilizado para recuperar os cateteres foi de R$ 30,00 (US$ 16,66). Para as éguas do GI, obteve-se uma taxa de recuperação embrionária de 60% e no GII de 55%, não havendo diferença (P>0,05) entre os grupos. Considerando o baixo custo do material utilizado para recuperar os cateteres, conclui-se que sua recuperação, visando à reutilização na colheita de embrião de éguas, pode reduzir consideravelmente o custo final da técnica, sem comprometer as taxas de recuperação embrionária.

PALAVRAS-CHAVES: Equino, recuperação de cateter, redução de custos, transferência de embrião.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberto Lopes Gusmao, Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária

Graduação Med. Veterinária - UFBA

Mestrado em Reprodução Animal - UFSM

Doutorado em Reprodução Animal - Escola Superior Veterinária Hannover - Alemanha

Professor Associado I - UFBA

Tito de Albuquerque Leite Feitosa, Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária

Graduação em Medicina Veterinária da UFBA

José Carlos de Andrade Moura, Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária

Graduação Med. Veterinária - UFBA

Mestrado em Reprodução Animal - UFMG

Doutorado em Reprodução Animal - Escola Superior Veterinária Hannover - Alemanha

Professor Titula - UFBA

Max Vitória Resende, Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária

Graduação Med. Veterinária - UFBA

Mestrado em Reprodução Animal - UNESP - Jaboticabal

Doutorado em Reprodução Animal - UNESP - Jaboticabal

Laura Emília Panelli Martins, Universidade Federal da Bahia - Escola De Medicina Veterinária

Graduação Med. Veterinária - UFBA

Mestranda em Reprodução Animal - UFBA

Larissa Pires Barbosa, Universidade Federal da Bahia - Escola de Medicina Veterinária

Graduação em Medicina Veterinária - UFV

Mestrado em Medicina Veterinária - UFV

Doutorado em Zootecnia - UFV

Publicado

2010-06-23

Como Citar

GUSMAO, A. L.; FEITOSA, T. de A. L.; ANDRADE MOURA, J. C. de; RESENDE, M. V.; MARTINS, L. E. P.; BARBOSA, L. P. RECICLAGEM DE CATETERES PARA COLHEITA DE EMBRIÃO EM EQÜINOS: UMA FERRAMENTA PARA REDUÇÃO DE CUSTOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 425–428, 2010. DOI: 10.5216/cab.v11i2.4290. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/4290. Acesso em: 20 jun. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária