ALTERAÇÕES METABÓLICAS E HEMATOLÓGICAS EM JUNDIÁS (Rhamdia quelen) ALIMENTADOS COM RAÇÕES CONTENDO AFLATOXINAS

Autores

  • Vânia Lucia Pimentel Vieira
  • João Radünz Neto
  • Paulo Rodinei Soares Lopes
  • Rafael Lazzari
  • Milene Braga da Fonseca
  • Charlene Cavalheiro Menezes

Resumo

A presente pesquisa teve por objetivo verificar a influência de diferentes níveis de aflatoxinas sobre alguns parâmetros metabólicos e hematológicos em alevinos de jundiá (Rhamdia quelen), utilizando-se peixes com peso inicial de 3,0 gramas, criados em sistema de recirculação de água, durante 45 dias, com quatro tratamentos experimentais, sendo um controle e três níveis de aflatoxinas: 41, 90 e204 ppb de aflatoxinas/kg de ração. Os resultados obtidos demonstraram redução nos valores de hematócrito, hemoglobina e glicose sangüínea dos peixes, proporcionalmente aos níveis crescentes de incorporação de aflatoxinas na dieta. Quanto aos metabólitos no tecido hepático e muscular, a principal alteração foi a redução nos teores de proteína muscular e hepática em resposta aos níveis adicionados. Conclui-se que, para os níveis de aflatoxinas testados, ocorre diminuição dos parâmetros hematológicos em alevinos de jundiá. Ocorre também utilização da proteína do músculo e do fígado pelos peixes,sendo que as outras alterações metabólicas podem ser consideradas adaptações do peixe em relação à intoxicação. PALAVRAS-CHAVE: Aflatoxinas, hematócrito, intoxicação, metabólitos, Rhamdia quelen.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-31

Como Citar

VIEIRA, V. L. P.; RADÜNZ NETO, J.; LOPES, P. R. S.; LAZZARI, R.; FONSECA, M. B. da; MENEZES, C. C. ALTERAÇÕES METABÓLICAS E HEMATOLÓGICAS EM JUNDIÁS (Rhamdia quelen) ALIMENTADOS COM RAÇÕES CONTENDO AFLATOXINAS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 49–55, 2006. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/388. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Produção Animal