PERDAS ECONÔMICAS POR ABCESSOS VACINAIS E/OU MEDICAMENTOSOS EM CARCAÇAS DE BOVINOS ABATIDOS NO ESTADO DE GOIÁS

Autores

  • Alberto Teixeira França Filho
  • Gustavo Guimarães Alves
  • Albenones José de Mesquita
  • Carlos Eduardo Chiquetto
  • Cláudia Peixoto Bueno
  • Adson Santa Cruz Oliveira

Resumo

Durante as duas primeiras semanas do mês de julho de 2002, fez-se a verificação da perda econômica causada por abcessos vacinais e/ou medicamentosos em carcaças de bovinos, através da colheita e pesagem da porção cárnea excisada. Os trabalhos foram realizados sob o monitoramento dos auxiliares de inspeção federal e os dados anotados em planilha própria. No período de abrangênciado estudo foram abatidos, em um matadouro-frigorífico, 2.662 animais oriundos de 22 municípios do Estado de Goiás. Os achados de lesões limitaram-se ao quarto dianteiro, especificamente na região do cupim, pescoço, acém/paleta e entrecorte. A média de peso relativa à retirada de tecido muscular da região do abcesso foi de 0,213 kg no total de animais com abcesso. A análise dos resultados revela a necessidade de revisão do manejo vacinal empregado nas propriedades rurais. PALAVRAS-CHAVE: Abcessos vacinais, perdas econômicas, manejo vacinal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-31

Como Citar

FRANÇA FILHO, A. T.; ALVES, G. G.; MESQUITA, A. J. de; CHIQUETTO, C. E.; BUENO, C. P.; OLIVEIRA, A. S. C. PERDAS ECONÔMICAS POR ABCESSOS VACINAIS E/OU MEDICAMENTOSOS EM CARCAÇAS DE BOVINOS ABATIDOS NO ESTADO DE GOIÁS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 93–96, 2006. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/383. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Medicina Veterinária