AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO INGESTIVO DE NOVILHAS ¾ HOLANDÊS X ZEBU ALIMENTADAS COM SILAGEM DE CAPIM-ELEFANTE ACRESCIDA DE 10% DE FARELO DE MANDIOCA: ASPECTOS METODOLÓGICOS

Autores

  • Robério Rodrigues Silva
  • Fabiano Ferreira da Silva
  • Gleidson Giordano P. de Carvalho
  • Cristina Mattos Veloso
  • Ingryd Loiola Franco
  • Maria do Socorro M. A. Aguiar
  • Modesto Antonio Chaves

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v6i3.367

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo definir o intervalo de tempo para o registro do comportamento ingestivo de novilhas ¾ holandês x xebu com doze meses de idade. Foram observadas quatro novilhas, durante dois períodos de 24 horas, na última semana do período experimental. As variáveis estudadas foram os tempos diários totais, o número de períodos e o tempo/período das atividades de alimentação, ruminação e ócio. Foram comparados os intervalos de 10, 15, 20, 25 e 30 minutos contra o intervalo de 5 minutos. Não houve diferenças significativas entre os tempos médios diários de alimentação, ruminação e ócio medidos nas diferentes escalas de tempo, indicando que este tipo de experimento pode ser feito com intervalos de até 30 minutos entre cada observação, sem comprometer os resultados, pois a média de tempo destas atividades ocorre em períodos discretos superiores a este intervalo médio. PALAVRAS-CHAVE: Alimentação, etologia, ócio, ruminação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-31

Como Citar

SILVA, R. R.; SILVA, F. F. da; CARVALHO, G. G. P. de; VELOSO, C. M.; FRANCO, I. L.; AGUIAR, M. do S. M. A.; CHAVES, M. A. AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO INGESTIVO DE NOVILHAS ¾ HOLANDÊS X ZEBU ALIMENTADAS COM SILAGEM DE CAPIM-ELEFANTE ACRESCIDA DE 10% DE FARELO DE MANDIOCA: ASPECTOS METODOLÓGICOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 6, n. 3, p. 173–177, 2006. DOI: 10.5216/cab.v6i3.367. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/367. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal