COMPORTAMENTO INGESTIVO DE VACAS F1 HOLANDÊS X ZEBU ALIMENTADAS COM DIFERENTES FONTES DE COMPOSTOS NITROGENADOS

Autores

  • Silvio Humberto Cardoso de Almeida Filho Unimontes
  • Vicente Ribeiro Rocha Júnior Unimontes
  • Gustavo Chamon de Castro Menezes Unimontes
  • José Reinaldo Mendes Ruas EPAMIG
  • Ana Cássia Rodrigues de Aguiar Unimontes
  • Pedro Felipe Santana Unimontes
  • Lucas Daniel Alcântara Borges Unimontes
  • Natanael Mendes Costa Unimontes

DOI:

https://doi.org/10.1590/cab17336054

Palavras-chave:

Nutrição Animal

Resumo

Avaliou-se o comportamento ingestivo de vacas F1 Holandês x Zebu com 80 ± 12 dias de lactação e produção média de 20 ± 0,42 kg de leite/dia, alimentadas com diferentes fontes de compostos nitrogenados: farelos de soja, de girassol, de mamona desintoxicados e ureia. Utilizaram-se dois quadrados latinos 4 x 4, compostos de quatro animais e quatro dietas, com quatro períodos experimentais. O comportamento ingestivo foi obtido por avaliação visual para definir o tempo despendido em alimentação, ruminação, ócio e para avaliar mastigações merícicas e tempo de mastigação por bolo ruminal. Não houve diferença no tempo em alimentação (P = 0,1384), ruminação (P = 0,5964), ócio (P = 0,6314), número de períodos de alimentação (P = 0,5995), de ruminação (P = 0,4575) e de ócio (P = 0,4151), duração dos períodos de alimentação (P = 0,2711), ruminação (P = 0,8699) e ócio (P = 0,4025), em função da dieta utilizada. Não houve diferença na produção de leite (P = 0.2755) das vacas entre as dietas experimentais. A adição do farelo de girassol à dieta, em relação à utilização de ureia, resulta em menor consumo de FDN em minutos/kg (P = 0,0399) e consequentemente menor eficiência de alimentação da matéria seca (P = 0,0069), comparado ao tratamento com ureia. Assim, algumas características do comportamento ingestivo de vacas F1 Holandês x Zebu em lactação podem ser alteradas pelo uso de diferentes fontes nitrogenadas; entretanto, sem prejudicar a produção média de 20 kg de leite corrigida para 3,5% de gordura/dia.
Palavras-chaves: alimentação; fibra; fontes protéicas; produção de leite; ruminação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvio Humberto Cardoso de Almeida Filho, Unimontes

Mestre em Zootecnia pela Unimontes; Dourando em Zootecnia pela UESB

Vicente Ribeiro Rocha Júnior, Unimontes

Doutor em Zootecnia / Nutrição e Produção de Ruminantes; Professor do Departamento de Ciências Agrárias da Unimontes

Gustavo Chamon de Castro Menezes, Unimontes

Bolsista de Pós-Doutorado em Zootecnia/UNIMONTES; Doutor em Zootecnia pela UFV

José Reinaldo Mendes Ruas, EPAMIG

Pesquisador da EPAMIG; Doutor em Zootecnia

Ana Cássia Rodrigues de Aguiar, Unimontes

Mestre em Zootecnia pela Unimontes

Pedro Felipe Santana, Unimontes

BIC Zootecnia/Unimontes

Lucas Daniel Alcântara Borges, Unimontes

BIC Zootecnia/UNIMONTES

Natanael Mendes Costa, Unimontes

BIC Zootecnia/UNIMONTES

Downloads

Publicado

2016-07-29

Como Citar

ALMEIDA FILHO, S. H. C. de; ROCHA JÚNIOR, V. R.; MENEZES, G. C. de C.; RUAS, J. R. M.; AGUIAR, A. C. R. de; SANTANA, P. F.; BORGES, L. D. A.; COSTA, N. M. COMPORTAMENTO INGESTIVO DE VACAS F1 HOLANDÊS X ZEBU ALIMENTADAS COM DIFERENTES FONTES DE COMPOSTOS NITROGENADOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 17, n. 3, p. 349–358, 2016. DOI: 10.1590/cab17336054. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/36054. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal