DESEMPENHO DE FÊMEAS NELORE DE REPOSIÇÃO COM SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR NA SECA EM PASTAGENS RENOVADAS

Autores

  • Luiz Carlos Stahnke Jung Embrapa Cerrados
  • Hélder Louvandini Universidade de Brasília
  • Geraldo Bueno Martha Júnior Embrtapa Cerrados

Palavras-chave:

Recria de novilhas, ganho de peso, suplementação energético/proteica, desempenho econômico, reprodução.

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho produtivo de ganho em peso e econômico de novilhas Nelore mediante duas estratégias de suplementação alimentar: suplementação energético-proteica (EP) e sal com ureia (SU).  Utilizaram-se doze novilhas, com idade média de vinte meses e peso vivo médio inicial de 306+21kg. As novilhas foram mantidas em pastagens renovadas de Brachiaria brizantha cv Marandu. A duração do experimento foi de 55 dias. Avaliaram-se o ganho médio diário (GMD) e o ganho de peso vivo por hectare (GPV/ha). Para a análise econômica, consideraram-se o custo operacional, a receita bruta, a margem bruta e o retorno financeiro direto. O GMD foi de 0,71 kg/animal/dia para as novilhas do EP e de 0,43 kg/animal/dia para SU, apresentando diferença significativa. Embora tenha havido melhor desempenho em ganho de peso nas novilhas suplementadas com energia e proteína, tal resultado não foi confirmado no desempenho econômico.

Palavras-chaveS: Desempenho econômico, ganho em peso, recria de novilhas, suplementação energético-proteica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-07-02

Como Citar

JUNG, L. C. S.; LOUVANDINI, H.; MARTHA JÚNIOR, G. B. DESEMPENHO DE FÊMEAS NELORE DE REPOSIÇÃO COM SUPLEMENTAÇÃO ALIMENTAR NA SECA EM PASTAGENS RENOVADAS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 10, n. 2, p. 485–496, 2009. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/3491. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Produção Animal