CONCENTRAÇÃO SÉRICA DE PROGESTERONA PARA DIAGNÓSTICO PRECOCE DE GESTAÇÃO NA CABRA DOMÉSTICA

Autores

  • Elzylene Léga
  • Gilson Hélio Toniollo
  • Antônio Sérgio Ferraudo

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v6i1.346

Resumo

Com o objetivo de determinar variações na concentração sérica de progesterona de cabras gestantes ou vazias, primíparas ou multíparas, e com gestação simples ou gemelar, utilizaram-se dezesseis cabras da raça Saanen, para avaliação do momento mais adequado para diagnóstico gestacional pela técnica de dosagem de progesterona por radioimunoensaio. Para isso calcularam-se as médias das concentrações de progesterona desde o dia do acasalamento (dia 0) até o 60o dia, fazendo-se a comparação dos valores entre cabras gestantes e não-gestantes, entre cabras primíparas e multíparas, e entre cabras com gestação simples e com gestação gemelar. A concentração média de progesterona nas cabras gestantes e não-gestantes no 23o dia pós-acasalamento foi de 7,86 ± 0,18 ng/ml e 0,12 ± 2,60 ng/ml, respectivamente, apresentando diferenças estatisticamente significativas entre elas (p<0,05). Não foram encontradas diferenças significativas entre primíparas e multíparas ou entre cabras com gestação simples e gemelar. PALAVRAS-CHAVE: Cabra, gestação, progesterona.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-28

Como Citar

LÉGA, E.; TONIOLLO, G. H.; FERRAUDO, A. S. CONCENTRAÇÃO SÉRICA DE PROGESTERONA PARA DIAGNÓSTICO PRECOCE DE GESTAÇÃO NA CABRA DOMÉSTICA. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 6, n. 1, p. 35–40, 2006. DOI: 10.5216/cab.v6i1.346. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/346. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária