EVIDÊNCIAS SOROLÓGICAS DA EXPOSIÇÃO DE GATOS A Ehrlichia canis

Autores

  • Mariana Campos Fontalvo Laboratório de Doenças Parasitárias, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Univasf, Petrolina, PE, Brasil
  • Isis Assis Braga Laboratório de Virologia e Rickettsioses, Hospital Veterinário, Departamento de Clínica Medica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT, Brasil
  • Daniel Moura Aguiar Laboratório de Virologia e Rickettsioses, Hospital Veterinário, Departamento de Clínica Medica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT, Brasil
  • Mauricio Claudio Horta Laboratório de Doenças Parasitárias, Universidade Federal do Vale do São Francisco, Univasf, Petrolina, PE, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.1590/cab17333845

Palavras-chave:

Parasitologia Animal

Resumo

O objetivo do presente estudo foi estimar a ocorrência de Ehrlichia canis em gatos na região semiárida do Nordeste. Soros de 101 gatos saudáveis foram submetidos à Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI), sendo considerados positivos títulos ? 40.  Soroprevalência de 35,6% (36/101) foi encontrada, com os seguintes títulos: 40 (15 animais); 160 (6); 320 (1); 640 (3) e 2560 (11). Não foram observadas diferenças estatísticas quanto ao município de origem, gênero, faixa etária, raça e modus vivendi (gatos domiciliados e errantes) e não foram observados carrapatos em qualquer um dos animais testados. Este estudo revelou exposição de gatos a E. canis na região semiárida do nordeste brasileiro.
Palavras-chave: Caatinga; erliquiose; felinos; hemoparasita; semiárido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2016-07-29

Como Citar

FONTALVO, M. C.; BRAGA, I. A.; AGUIAR, D. M.; HORTA, M. C. EVIDÊNCIAS SOROLÓGICAS DA EXPOSIÇÃO DE GATOS A Ehrlichia canis. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 17, n. 3, p. 418–424, 2016. DOI: 10.1590/cab17333845. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/33845. Acesso em: 23 jun. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária