EFEITO DA UTILIZAÇÃO DE MANANOLIGOSSACARÍDEOS (MOS) E DE ÁCIDOS ORGÂNICOS ASSOCIADOS À MOS, COM E SEM ANTIBIÓTICOS, NA DIETA DE POEDEIRAS PRODUTORAS DE OVOS AVERMELHADOS

Autores

  • Carmen Lucia Garcez Ribeiro UFPel
  • Fernando Rutz UFPel
  • Paulo Roberto Dallmann UFPel
  • Niedi Franz Zauk UFPel
  • Marta Helena Dias da Silveira UFPel
  • Rita de Albernaz Silva Goncalves UFPel
  • Marcos Antonio Anciuti UFPel
  • Patricia Rossi UFPel

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v11i2.3196

Palavras-chave:

Produção animal

Resumo

O presente estudo teve como objetivo comparar o desempenho de poedeiras comerciais da linhagem Isa Brown com idade entre 32 e 52 semanas, alimentadas com dieta à base de milho e farelo de soja. Foram alojadas 240 poedeiras, em gaiolas individuais, divididas ao acaso em seis tratamentos, com quarenta repetições cada um. Ofereceram-se água e ração ad libitum. Constituíram-se os seguintes tratamentos: T1 – controle (dieta basal=DB), T2 – DB + antibiótico, T3 – DB + mananoligossacarídeos (MOS) (0,05%), T4 – DB + antibiótico + MOS, T5 – DB + ácidos orgânicos/MOS (AOM) (0,1%) e T6 – DB + antibiótico + AOM. Analisaram-se as seguintes variáveis: peso corporal médio das aves, consumo médio diário de ração, produção média de ovos, peso médio do ovo, média da massa de ovo, conversão alimentar média por dúzia de ovo, conversão alimentar média/massa de ovo, coloração da gema, altura média do albúmen, média da unidade Haugh, gravidade específica média, percentagem média de casca, tempo de armazenamento. Submeteram-se os dados a ANOVA e, quando o teste F foi significativo, compararam-se as médias através de contrastes ortogonais duas a duas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Os resultados indicam que, quando recebem AO ou MOS sem adição de antibiótico, as aves apresentam consumo médio diário de ração significativamente menor, sem alterar seu desempenho.

PALAVRAS-CHAVES: Ácidos orgânicos, antibiótico, mananoligossacarídeos, poedeiras, promotores de crescimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmen Lucia Garcez Ribeiro, UFPel

Departamento de Clinicas Veterinarias, area Analises e Bioquimica Clinica; Nutricao Animal

Fernando Rutz, UFPel

Professor do Departamento de Zootecnia, Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel

Paulo Roberto Dallmann, UFPel

Aluno do Programa de Pos-Graduacao em Zootecnia

Niedi Franz Zauk, UFPel

Aluna do Programa de Pos-Graduacao em Zootecnia

Marta Helena Dias da Silveira, UFPel

Aluna do Programa de Pos-Graduacao em Zootecnia

Rita de Albernaz Silva Goncalves, UFPel

Aluna do Programa de Pos-Graduacao em Zootecnia

Marcos Antonio Anciuti, UFPel

Professor do Conjunto Agrotecnico Visconde da Graca-CAVG

Patricia Rossi, UFPel

Aluna do Programa de Pos-Graduacao em Zootecnia

Downloads

Publicado

2010-06-22

Como Citar

RIBEIRO, C. L. G.; RUTZ, F.; DALLMANN, P. R.; ZAUK, N. F.; DA SILVEIRA, M. H. D.; GONCALVES, R. de A. S.; ANCIUTI, M. A.; ROSSI, P. EFEITO DA UTILIZAÇÃO DE MANANOLIGOSSACARÍDEOS (MOS) E DE ÁCIDOS ORGÂNICOS ASSOCIADOS À MOS, COM E SEM ANTIBIÓTICOS, NA DIETA DE POEDEIRAS PRODUTORAS DE OVOS AVERMELHADOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 292–300, 2010. DOI: 10.5216/cab.v11i2.3196. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/3196. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal