PERCEPÇÃO DA SOCIEDADE SOBRE A QUALIDADE DE VIDA E O CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES NÃO DOMICILIADOS

Autores

  • Flavio Fernando Batista Moutinho Universidade Federal Fluminense
  • Elmiro Rosendo do Nascimento
  • Rita Leal Paixão

DOI:

https://doi.org/10.1590/cab.v16i4.30468

Palavras-chave:

cão não domiciliado, controle populacional, percepção social

Resumo

Na maior parte dos municípios brasileiros há superpopulação de cães não domiciliados, os quaistrazem problemas associados à ordem urbana, ao meio ambiente e à saúde coletiva, além de sofreremmaus-tratos. Nesse contexto, vislumbra-se a necessidade do desenvolvimento de ações de controlepopulacional desses animais. O objetivo do presente trabalho foi conhecer a percepção dos atoressociais, como gestores dos órgãos responsáveis pelas ações de controle, gestores de organizações nãogovernamentais de proteção animal e população em geral em relação à qualidade de vida e o controlepopulacional dos cães não domiciliados. Foram aplicados questionários estruturados a amostrasdesses três grupos e os dados foram trabalhados com técnicas de estatística descritiva e comparaçãode frequência. Os resultados permitiram concluir que a percepção da sociedade sobre o controlepopulacional e a qualidade de vida desses animais guardam importantes diferenças sob a ótica dostrês grupos avaliados, mas apresentam, também, semelhanças importantes, em especial no tocanteà percepção sobre a responsabilidade pelo desenvolvimento de ações de controle populacional, àaceitação da utilização de recursos públicos destinados à saúde pública nas ações de controle, àqualificação como grande a densidade populacional e à má qualidade de vida desses animais.

Palavras-chave: cão não domiciliado; controle populacional; percepção social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flavio Fernando Batista Moutinho, Universidade Federal Fluminense

Faculdade de Veterinária - Depto. Saúde coletiva veterinária e saúde pública

Downloads

Publicado

2015-10-30

Como Citar

MOUTINHO, F. F. B.; DO NASCIMENTO, E. R.; PAIXÃO, R. L. PERCEPÇÃO DA SOCIEDADE SOBRE A QUALIDADE DE VIDA E O CONTROLE POPULACIONAL DE CÃES NÃO DOMICILIADOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 16, n. 4, p. 574–588, 2015. DOI: 10.1590/cab.v16i4.30468. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/30468. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária