DESEMPENHO PRODUTIVO E ECONÔMICO DE FRANGOS DE CORTE SUBMETIDOS A PROGRAMAS DE RESTRIÇÃO ALIMENTAR

Autores

  • Kely Cristina Bastos Teixeira Ramos UFRRJ
  • Augusto Vidal da Costa Gomes UFRRJ
  • Cristina Amorim Ribeiro de Lima UFRRJ
  • André Mantegazza Camargo UFRRJ
  • Fernado Augusto Curvello UFRRJ
  • Rosani Valéria Marcelina Matoso Silva UFRRJ
  • Priscila de Andrade Massi

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v12i1.2824

Palavras-chave:

consumo de ração, conversão alimentar, ganho de peso, índice relativo de rentabilidade, machos

Resumo

Objetivou-se com este estudo avaliar os efeitos dos diferentes programas de restrição alimentar no desempenho produtivo e econômico de frangos de corte. Foram utilizados 264 animais, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos, quatro repetições e dez aves por parcela. Os programas de restrição alimentar (RA) foram: T1 – ração à vontade; T2 – RA no 8º dia de idade; T3 – RA nos 8º e 13º dias de idade; T4 – RA nos 8º, 13º e 18º dias de idade; T5 – RA nos 8º, 13º, 18º e 23º dias de idade; T6 – RA nos 8º, 13º, 18º, 23º e 28º dias de idade. No período total de criação, os programas de restrição alimentar não influenciaram o desempenho produtivo (consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar) das aves. No entanto, os frangos do T6 alcançaram menor peso vivo aos 42 dias de idade em relação aos do T1 e do T2. Em relação aos indicadores econômicos, os frangos do T1 apresentaram maior renda bruta média (RBM) e índice relativo de rentabilidade (IRR), enquanto o T6 resultou em menores valores para RBM e IRR. Considerando-se os resultados para desempenho e os indicadores econômicos obtidos no presente estudo, não foram encontradas justificativas para a adoção de programas de restrição alimentar em frangos de corte machos da linhagem Cobb.

PALAVRAS-CHAVES: Consumo de ração, conversão alimentar, ganho de peso, índice relativo de rentabilidade, machos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kely Cristina Bastos Teixeira Ramos, UFRRJ

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Zootecnia – UFRRJ/Seropédica

Augusto Vidal da Costa Gomes, UFRRJ

Professor do Departamento de Nutrição Animal e Pastagens - UFRRJ/Seropédica

Cristina Amorim Ribeiro de Lima, UFRRJ

Professora do Departamento de Nutrição Animal e Pastagens - UFRRJ/Seropédica

André Mantegazza Camargo, UFRRJ

Mestrando do Programa de Pós-graduação em Zootecnia – UFRRJ/Seropédica

Fernado Augusto Curvello, UFRRJ

Professor do Departamento de Produção Animal - UFRRJ/Seropédica

Rosani Valéria Marcelina Matoso Silva, UFRRJ

Aluna de graduação em Zootecnia – UFRRJ/Seropédica

Priscila de Andrade Massi

Zootecnista, Msc.

Downloads

Publicado

2011-03-31

Como Citar

BASTOS TEIXEIRA RAMOS, K. C.; GOMES, A. V. da C.; LIMA, C. A. R. de; CAMARGO, A. M.; CURVELLO, F. A.; SILVA, R. V. M. M.; MASSI, P. de A. DESEMPENHO PRODUTIVO E ECONÔMICO DE FRANGOS DE CORTE SUBMETIDOS A PROGRAMAS DE RESTRIÇÃO ALIMENTAR. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 12, n. 1, p. 08–16, 2011. DOI: 10.5216/cab.v12i1.2824. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/2824. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal