CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN OVINO EM MEIO DILUENTE À BASE DE ÁGUA DE COCO EM PÓ (ACP-102c)

Autores

  • José Maurício Maciel Cavalcante Universidade Estadual do Ceará
  • Oscar Oliveira Brasil Universidade Estadual do Ceará
  • Cristiane Clemente de Mello Salgueiro Universidade Estadual do Ceará
  • Carminda Sandra Brito Salmito-Vanderley Universidade Estadual do Ceará
  • José Ferreira Nunes Universidade Estadual do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v15i3.27834

Palavras-chave:

Reprodução Animal

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o diluente ACP-102c na criopreservação do sêmen ovino em comparação com o diluidor tris-glicose-gema (TRIS) e o sêmen fresco. Foram coletados 48 ejaculados de quatro ovinos, sendo tomadas duas alíquotas por ejaculado para diluição e criopreservação em ACP-102c ou TRIS e uma terceira alíquota utilizada para análise do sêmen fresco. O sêmen fresco e o criopreservado em ambos os diluidores foram avaliados para viabilidade, integridade de membrana plasmática e acrossomal, teste hiposmótico, fragmentação do DNA e de motilidade espermática. Após descongelamento, ambos os diluidores não diferiram para viabilidade espermática, integridade de membrana plasmática e acrossomal, fragmentação de DNA e nas variáveis quantitativas e qualitativas de velocidade espermática, mas diferiram no teste hiposmótico, motilidade total e progressiva e amplitude lateral da cabeça, bem como em todas as variáveis de motilidade avaliadas, exceto linearidade e progressividade, após duas horas de incubação à 37 oC. Houve variabilidade entre reprodutores na motilidade total e progressiva do sêmen criopreservado em ACP-102c após descongelamento. O diluidor ACP-102c conferiu menor proteção aos espermatozoides ovinos contra danos do congelamento quando comparado ao TRIS, mas o aprimoramento de sua formulação e protocolos mais adequados de congelação poderão torná-lo uma alternativa na congelação do sêmen ovino.

PALAVRAS-CHAVE: ACP-102c; criopreservação; sêmen ovino.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-09-27

Como Citar

CAVALCANTE, J. M. M.; BRASIL, O. O.; SALGUEIRO, C. C. de M.; SALMITO-VANDERLEY, C. S. B.; NUNES, J. F. CRIOPRESERVAÇÃO DO SÊMEN OVINO EM MEIO DILUENTE À BASE DE ÁGUA DE COCO EM PÓ (ACP-102c). Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 15, n. 3, p. 344–353, 2014. DOI: 10.5216/cab.v15i3.27834. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/27834. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária