ADUBAÇÃO NITROGENADA EM GRAMÍNEAS DO GÊNERO CYNODON

Autores

  • Gudesteu Porto Rocha
  • Antônio Ricardo Evangelista
  • Josiane Aparecida de Lima
  • Beneval Rosa

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v3i1.278

Resumo

Avaliaram-se a produção de matéria seca e de proteína bruta e os teores de proteína bruta, fibra em detergente neutro e fibra em detergente ácido nos capins Coastcross, Tifton 68 e Tifton 85, submetidos a quatro doses de nitrogênio: 0, 100, 200 e 400 kg/ha, na forma de sulfato de amônio. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso com seis repetições, em esquema de parcela subdividida, sendo que as parcelas eram compostas pelas gramíneas e as subparcelas pelas doses de nitrogênio. As doses de nitrogênio foram aplicadas sete dias após cada corte realizado a uma altura de 10 cm, utilizando-se roçadeira costal, com intervalos de 42 dias. A adubação nitrogenada incrementou a produção de matéria seca e de proteína bruta, elevou o teor de proteína bruta e reduziu o teor de fibra em detergente neutro dos capins. PALAVRAS-CHAVE: Coastcross, Tifton 68, Tifton 85

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-24

Como Citar

ROCHA, G. P.; EVANGELISTA, A. R.; LIMA, J. A. de; ROSA, B. ADUBAÇÃO NITROGENADA EM GRAMÍNEAS DO GÊNERO CYNODON. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 3, n. 1, p. 1–9, 2006. DOI: 10.5216/cab.v3i1.278. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/278. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal