USO DE SOLUÇÃO À BASE DE ÁGUA DE COCO A 37 °C COMO DILUIDOR DE SÊMEN DE Cebus apella (MACACO-PREGO) MANTIDO EM CATIVEIRO

Autores

  • Luiza Loureiro de Araújo Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil
  • Julianne Silva de Lima Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil
  • Karol Guimarães Oliveira Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil
  • José Augusto Pereira Carneiro Muniz 2Centro Nacional de Primatas (SVS-MS), Br 316, km 7, Caixa Postal Nº 44, CEP: 67.030-000, Ananindeua - PA – Brasil
  • Rodrigo del Rio do Valle Departamento de Reprodução animal, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – Universidade de São Paulo (FMVZ/USP)
  • Sheyla Farhayldes Souza Domingues Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil

Palavras-chave:

Eletroejaculação, sêmen, água de coco, Cebus apella, Macaco-prego

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência de um diluidor de sêmen à base de água de coco in natura a 37 °C na dissolução da fração coagulada e conservação do sêmen de macacos-prego. Analisaram-se quinze ejaculados colhidos de cinco (n=5) machos adultos de Cebus apella através de eletroejaculação. Os volumes médios das frações líquida e coagulada foram 0,26 + 0,06 mL e 0,98 + 0,02 mL, respectivamente. A fração líquida apresentou baixa concentração média de espermatozoides (210. 106 + 50 106 mL) em relação à fração coagulada (1600. 106+ 900 106 mL) (p ? 0,05). O percentual médio de espermatozoides vivos após sete horas de incubação a 37°C foi 72 + 3%. Em apenas uma amostra observaram-se 20% de motilidade e vigor 2. Os resultados sugerem que o protocolo de eletroejaculação utilizando amperagem máxima de 100 mA é eficaz para a obtenção de sêmen de Cebus apella e que o diluidor à base de água de coco pode ser utilizado para manter a viabilidade dos espermatozoides a 37 °C  por até sete horas. Contudo, são necessários testes adicionais para avaliar a funcionalidade desses espermatozoides após a diluição do sêmen em água de coco in natura.

Palavras chave: Água de coco, Cebus apella, diluidor, eletroejaculação, sêmen.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiza Loureiro de Araújo, Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil

Academica de Medicina Veterinária

Julianne Silva de Lima, Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil

Academica de Biologia (Bacharelado)

Karol Guimarães Oliveira, Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil

Academica de Biologia (Bacharelado)

José Augusto Pereira Carneiro Muniz, 2Centro Nacional de Primatas (SVS-MS), Br 316, km 7, Caixa Postal Nº 44, CEP: 67.030-000, Ananindeua - PA – Brasil

Medico Veterinário de Centro Nacional de Primatas

Rodrigo del Rio do Valle, Departamento de Reprodução animal, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – Universidade de São Paulo (FMVZ/USP)

Medico Veterinário, Doutor em Reprodução Animal (USP)

Sheyla Farhayldes Souza Domingues, Laboratorio de Biologia e Medicina de Animais Silvestres da Amazônia (BIOMEDAM) - Medicina Veterinária - Campus de Castanhal-Universidade Federal do Pará (UFPA), Rua Hernane Lameira, Pirapora, nº 532, 68743-080 - Castanhal, PA-Brasil

Medican Veterinária, Doutora em Produção Animal, com enfase em Reprodução e Biotécnicas de Reproduçã em Primatas Neotropicais, Coordenadora do Programa de pós-graduação em Ciencia Animal da Universidade Federal do Pará

Downloads

Publicado

2009-07-03

Como Citar

LOUREIRO DE ARAÚJO, L.; SILVA DE LIMA, J.; GUIMARÃES OLIVEIRA, K.; PEREIRA CARNEIRO MUNIZ, J. A.; DEL RIO DO VALLE, R.; SOUZA DOMINGUES, S. F. USO DE SOLUÇÃO À BASE DE ÁGUA DE COCO A 37 °C COMO DILUIDOR DE SÊMEN DE Cebus apella (MACACO-PREGO) MANTIDO EM CATIVEIRO. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 10, n. 2, p. 588–594, 2009. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/2739. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Medicina Veterinária