PARÂMETROS NUTRICIONAIS DO CAPIM-TANZÂNIA SOB DOSES CRESCENTES DE NITROGÊNIO EM DIFERENTES IDADES DE CORTE

Autores

  • Aldi Fernandes de Souza França
  • Arcádio de Los Reyes Borjas
  • Euclides Reuter de Oliveira
  • Tatiana Vieira Soares
  • Eliane Sayuri Miyagi
  • Vinicius Rodrigues de Sousa

Palavras-chave:

Pastagens, adubação, capim Tanzânia

Resumo

Avaliou-se a composição químico-bromatológica e a digestibilidade in vitro da matéria seca do capim-tanzânia submetido a doses crescentes de nitrogênio em diferentes idades de corte, sob irrigação. Os tratamentos foram constituídos por três doses de N (sulfato de amônio): 200, 400 e 600 Kg/ha/ano, e quatro idades de cortes: 28; 56; 84 e 112 dias. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso em esquema fatorial 3x4 (três doses de nitrogênio x quatro idades de cortes) com três repetições. Realizaram-se as análises mediante a  utilização do programa estatístico Sistema de Análise de Variância de Dados Balanceado (SISVAR). Os teores de MS não diferiram (P<0,05) entre as idades de corte, exceto aos 112 dias de crescimento. Entre as doses de N, os teores de MS diferiram (P<0,05) com a aplicação equivalente a 400 e 600 kg.ha-1 de N. Os teores de PB (P>0,05) entre as idades de corte, porém, diferiram (P<0,05) entre as doses de N avaliadas. Os valores de FDN, FDA e DIVMS não diferi-ram (P>0,05) entre as idades de corte, exceto aos 112 dias. Entretanto, diferiram entre as doses de N aplicadas.

Palavras-chaves: Adubação nitrogenada, composição bromatológica, digestibilidade in   vitro da matéria seca.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-10

Como Citar

FRANÇA, A. F. de S.; BORJAS, A. de L. R.; OLIVEIRA, E. R. de; SOARES, T. V.; MIYAGI, E. S.; SOUSA, V. R. de. PARÂMETROS NUTRICIONAIS DO CAPIM-TANZÂNIA SOB DOSES CRESCENTES DE NITROGÊNIO EM DIFERENTES IDADES DE CORTE. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 8, n. 4, p. 695–703, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/2690. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Produção Animal