ENVOLVIMENTO DE Escherichia coli, de Mycoplasma gallisepticum e de Mycoplasma synoviae EM LESÕES DE SACOS AÉREOS EM FRANGOS ABATIDOS NO ESTADO DE GOIÁS

Autores

  • Sílvia Minharro
  • Guido Fontgalland Coelho Linhares
  • Maria Auxiliadora Andrade
  • Patrícia Tironi Rocha
  • Ângela Patrícia Santana

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v2i2.265

Resumo

O estudo foi conduzido com o objetivo de verificar o envolvimento de Escherichia coli, de Mycoplasma gallisepticum (MG) e de Mycoplasma synoviae (MS) em aerossaculite de frangos abatidos no Estado de Goiás. Foram colhidas 139 amostras de lesões de sacos aéreos de frangos procedentes de 31 galpões, abatidos no período de janeiro a agosto de 1999. As amostras foram analisadas em forma de pools representativos de cada galpão. Para o estudo de E. coli, foram empregados métodos convencionais de cultura e identificação bacteriológica. Para o diagnóstico de MG e MS, foi empregada a técnica da reação em cadeia da polimerase (PCR). No período do estudo foram abatidos 608.111 frangos provenientes de 31 galpões, dos quais 13.107 (2,15%) foram condenados por aerossaculite. A E. coli foi isolada e identificada em 25 (80,64%) dos 31 galpões estudados. MG e MS foram diagnosticados em 10 (32,25%) e 8 pools (25,80%), respectivamente, entre os 31 testados por PCR. Diferentes tipos de associações entre E. coli, MG e MS foram observadas neste estudo, sendo que a mais freqüente foi aquela envolvendo E. coli e MS (16,13%). A elevada freqüência dos três microrganismos estudados, associada ao número expressivo de condenações de carcaças de frangos verificado durante este estudo, indica a importância destes na enfermidade e para os programas sanitários avícolas na região. PALAVRAS-CHAVE: Frango de corte, Mycoplasma gallisepticum, Mycoplasma synoviae, Escherichia coli, aerossaculite, PCR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-10-23

Como Citar

MINHARRO, S.; LINHARES, G. F. C.; ANDRADE, M. A.; ROCHA, P. T.; SANTANA, Ângela P. ENVOLVIMENTO DE Escherichia coli, de Mycoplasma gallisepticum e de Mycoplasma synoviae EM LESÕES DE SACOS AÉREOS EM FRANGOS ABATIDOS NO ESTADO DE GOIÁS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 2, n. 2, p. 111–117, 2006. DOI: 10.5216/cab.v2i2.265. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/265. Acesso em: 30 maio. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária