VALIDAÇÃO DE UM PROGRAMA DE PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES BOVINOS COM TRANSPORTE DE OÓCITOS E DE EMBRIÕES POR LONGAS DISTÂNCIAS

Autores

  • Marcus V. Galvão Loiola Universidade Federal da Bahia
  • Marcos Chalhoub Universidade Federal da Bahia
  • Alexandra Soares Rodrigues Universidade Federal da bahia
  • Priscila Assis Ferraz Universidade Federal da Bahia
  • Rodrigo Freitas Bittencourt Universidade Federal da Bahia
  • Antonio de Lisboa Ribeiro Filho Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v15i1.23327

Palavras-chave:

Bos indicus, Sêmen sexado, Transferência de embriões

Resumo

Objetivou-se avaliar a viabilidade de um programa de produção in vitro de embriões (PIVE) bovinos cuja maturação oocitária e cultivo embrionário ocorreram parcialmente durante o transporte, a fertilização (FIV) foi realizada com sêmen convencional ou sexado e os embriões foram transferidos com diferentes idades de desenvolvimento. Para tanto, oócitos aspirados no estado da Bahia foram transportados para um laboratório comercial em São Paulo, onde realizaram-se as etapas de produção in vitro, sendo a FIV realizada com espermatozoides oriundos de sêmen convencional (grupo CONV) ou sexado (grupo SEX). No dia seis de cultivo, os embriões produzidos foram remetidos à Bahia e transferidos às receptoras com diferentes idades de desenvolvimento (6,5; 7,0 e 7,5 dias). As fêmeas tiveram média de 46,18±32,7 oócitos recuperados e 30,74±24,3 oócitos viáveis por aspiração. As taxas de embriões produzidos e de gestação foram de 32,85% e 33,12%, respectivamente. O tipo de sêmen não influenciou no número de oócitos clivados e nas taxas de gestação, entretanto, influenciou no número de embriões produzidos e a idade do embrião interferiu nas taxas de gestação. Os resultados encontrados demonstraram que o transporte de oócitos e de embriões foi eficiente em um programa de PIVE bovinos, podendo ser utilizado em larga escala.

PALAVRAS-CHAVE: Bos indicus; sêmen sexado; transferência de embriões.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcus V. Galvão Loiola, Universidade Federal da Bahia

Mestre em ciência animal nos trópicos

Marcos Chalhoub, Universidade Federal da Bahia

Professor do Departamento de Anatomia, Patologia e Clinícas Veterinárias

Alexandra Soares Rodrigues, Universidade Federal da bahia

Mestre em ciência animal nos trópicos

Priscila Assis Ferraz, Universidade Federal da Bahia

Mestranda em ciência animal nos trópicos

Rodrigo Freitas Bittencourt, Universidade Federal da Bahia

Professor do Departamento de Anatomia, Patologia e Clinícas Veterinárias

Antonio de Lisboa Ribeiro Filho, Universidade Federal da Bahia

Professor do Departamento de Anatomia, Patologia e Clinícas Veterinárias

Downloads

Publicado

2014-03-28

Como Citar

LOIOLA, M. V. G.; CHALHOUB, M.; RODRIGUES, A. S.; FERRAZ, P. A.; BITTENCOURT, R. F.; RIBEIRO FILHO, A. de L. VALIDAÇÃO DE UM PROGRAMA DE PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES BOVINOS COM TRANSPORTE DE OÓCITOS E DE EMBRIÕES POR LONGAS DISTÂNCIAS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 15, n. 1, p. 93–101, 2014. DOI: 10.5216/cab.v15i1.23327. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/23327. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária