CARACTERÍSTICA DAS FEZES E EXCREÇÃO FECAL DE AREIA EM EQUINOS MANTIDOS A PASTO NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DO ITAPEMIRIM, ESPÍRITO SANTO, BRASIL

Autores

  • Jonas Macedo Filgueiras Faculdade de Castelo
  • Ubiratan Pereira Melo Escola de Veterinária da UFMG
  • Cíntia Ferreira Escola de Veterinária-UFMG
  • Sílvia Araújo França Escola de Veterinária-UFMG
  • Eduardo Shimoda Faculdade de Castelo

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v10i4.2317

Palavras-chave:

Sanidade equina

Resumo

A característica das fezes e a excreção fecal de areia foram avaliadas em 112 éguas criadas a campo no município de Cachoeiro do Itapemirim, estado do Espírito Santo, em um delineamento inteiramente casualizado. Colheram-se de cada animal 200 gramas de fezes por palpação transretal, sendo estas avaliadas quanto à consistência, ao grau de hidratação, à coloração, ao odor, ao tamanho da fibra, à presença de grãos e de corpo estranho. Simultaneamente, foi realizado o teste de sedimentação de areia para determinar a excreção fecal de areia. Em 100% dos animais, as síbalas eram firmes com odor sui generis. Quanto à coloração, 90% (101/112) dos animais apresentaram fezes de coloração verde-musgo e 10% (11/112), fezes verde-oliva-escuro. Em relação à consistência, 23,21% (26/112) apresentaram fezes levemente pastosas e 76,79% (86/112), fezes firmes. Em relação ao grau de hidratação, 23,21% (26/112) apresentaram fezes com discreto aumento do conteúdo hídrico e 76,79% (86/112), fezes com hidratação normal. O teste de sedimentação da areia revelou que 100% (112/112) dos animais excretavam areia no momento do estudo. Embora a prevalência da excreção fecal de areia tenha sido alta, a presença de areia no trato gastrintestinal dos animais avaliados não está provocando alterações gastroentéricas.
PALAVRAS-CHAVES: Areia, equino, fezes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jonas Macedo Filgueiras, Faculdade de Castelo

Aluno de graduação

Ubiratan Pereira Melo, Escola de Veterinária da UFMG

Médico Veterinário - Mestre - Doutorando do programa de Pós-graduação em Ciência Animal/Escola de Veterinária da UFMG.

Cíntia Ferreira, Escola de Veterinária-UFMG

Médica Veterinária - Mestre - Doutoranda do programa de Pós-graduação em Ciência Animal/Escola de Veterinária da UFMG.

Sílvia Araújo França, Escola de Veterinária-UFMG

Médica Veterinária - Mestre - Doutoranda do programa de Pós-graduação em Ciência Animal/Escola de Veterinária da UFMG.

Eduardo Shimoda, Faculdade de Castelo

Prof. assistente - Departamento de Medicina Veterinária

Downloads

Publicado

2009-12-17

Como Citar

FILGUEIRAS, J. M.; MELO, U. P.; FERREIRA, C.; FRANÇA, S. A.; SHIMODA, E. CARACTERÍSTICA DAS FEZES E EXCREÇÃO FECAL DE AREIA EM EQUINOS MANTIDOS A PASTO NO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DO ITAPEMIRIM, ESPÍRITO SANTO, BRASIL. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 10, n. 4, p. 1200–1206, 2009. DOI: 10.5216/cab.v10i4.2317. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/2317. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária