DETERMINAÇÃO DAS PROPRIEDADES BIOMECÂNICAS DO LIGAMENTO PATELAR DE CÃES (CANIS FAMILIARIS LINNAEUS, 1758)

Autores

  • Aline da Costa Constantino Graduanda de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Marcelo Domingues de Faria Professor Doutor da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Petrolina - PE, Brasil
  • Nelson Cárdenas Olivier Professor Doutor da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Petrolina - PE, Brasil.
  • Joaquim Pereira Neto Professor Mestre da Universidade do Estado da Bahia, Juazeiro - BA, Brasil.
  • Ítalo Barbosa Lemos Lopes Graduando de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Petrolina - PE, Brasil.
  • Nayara Reis Cordeiro de Lira Graduanda de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Petrolina - PE, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.1590/cab17222040

Palavras-chave:

Cães, ligamento patelar, resistência

Resumo

O estudo biomecânico de ligamentos articulares geram subsídios às pesquisas de biomateriais ou técnicas de tratamento para substituição ou reparação destas estruturas por ocasião de ruptura ou degeneração. Diante disto, realizaram-se ensaios biomecânicos de tração do ligamento patelar em 53 cães, totalizando 106 ligamentos patelares testados. Foram determinadas a capacidade máxima de resistência em Newtons (N) e a deformação expressa em milímetros (mm), sendo estes dados correlacionados à biometria corporal dos cadáveres dos cães utilizados. A resistência do ligamento patelar direito e esquerdo no grupo das fêmeas foi de 642,6N ±297,2N e 627,0N ±300,6N (p=0,028), respectivamente. Nos machos, verificaram-se valores superiores (p=0,035). O ligamento patelar direito teve capacidade máxima de resistência de 850,8N ±299,9N e o esquerdo 729,3N ±283,5N. Estatisticamente, foi evidenciado que não há correlação significativa (r>0,7) entre os parâmetros biométricos corporais aferidos e a resistência ou deformação do ligamento patelar. Mesmo não havendo correlação estatística significativa, os dados de resistência e deformação do ligamento patelar canino podem gerar embasamento para outras pesquisas, que visam corrigir rupturas de ligamentos articulares.
Palavras-chave: joelho; ligamento patelar; resistência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline da Costa Constantino, Graduanda de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Vale do São Francisco

Graduanda de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Petrolina - PE, Brasil.

Downloads

Publicado

2016-04-29

Como Citar

CONSTANTINO, A. da C.; DE FARIA, M. D.; OLIVIER, N. C.; NETO, J. P.; LOPES, Ítalo B. L.; DE LIRA, N. R. C. DETERMINAÇÃO DAS PROPRIEDADES BIOMECÂNICAS DO LIGAMENTO PATELAR DE CÃES (CANIS FAMILIARIS LINNAEUS, 1758). Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 17, n. 2, p. 260–266, 2016. DOI: 10.1590/cab17222040. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/22040. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária