TOXOPLASMOSE: AVALIAÇÃO MORFOLÓGICA E MORFOMÉTRICA DOS NEURÔNIOS DA MEDULA ESPINHAL DE CÃES SOROPOSITIVOS ASSINTOMÁTICOS

Autores

  • Alessandra Cristina Francischini Carvalho FCAV - Unesp Campus Jaboticabal
  • Maria Rita Pacheco São Paulo State University - UNESP Campus Jaboticabal
  • Silvana Martinez Baraldi-Artoni São Paulo State University - UNESP Campus Jaboticabal
  • Annita Morais Girardi São Paulo State University - UNESP Campus Jaboticabal

DOI:

https://doi.org/10.1590/cab.v16i2.18991

Palavras-chave:

Saúde Animal

Resumo

Este trabalho objetivou analisar a morfologia e a morfometria dos neurônios das regiões cervical, torácica e lombar da medula espinhal de cães assintomáticos soropositivos para toxoplasmose. Utilizaram-se 20 cães sem raça definida, adultos, sendo dez cães hígidos, com sorologia negativa, utilizados como controle (grupo 1) e dez cães assintomáticos mas soropositivos para toxoplasmose (grupo 2). Após microtomia semi-seriada, com intervalos de 100 micrômetros (µm), os cortes histológicos de medula espinhal, à espessura de 5 µm, foram corados pelas técnicas da hematoxilina-eosina e do tricrômico de Masson. As lâminas foram analisadas à microscopia de luz para verificar a morfologia dos neurônios. Para o estudo morfométrico, os parâmetros analisados foram: área, perímetro, diâmetro máximo, diâmetro mínimo e fator de forma do citoplasma e núcleo dos neurônios. Os resultados obtidos foram analisados estatisticamente, mediante o teste t de Student ao nível de 5% de probabilidade. As características morfológicas entre os dois grupos foram semelhantes e em conformidade com a literatura. Os resultados morfométricos demonstraram que há alteração no tamanho e estrutura dos neurônios, com aumento e perda do formato estrelado nos animais soropositivos. Os resultados sugerem que os neurônios destes cães, ainda que assintomáticos, possam ter perdido sua função condutora.

Palavras-chave: canino; histologia; sistema nervoso central; Toxoplasma gondii.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Cristina Francischini Carvalho, FCAV - Unesp Campus Jaboticabal

Mestranda em Clínica Médica Veterinária, Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinária

Maria Rita Pacheco, São Paulo State University - UNESP Campus Jaboticabal

Professor, Department of Animal Morphology and Physiology

Silvana Martinez Baraldi-Artoni, São Paulo State University - UNESP Campus Jaboticabal

Professor, Department of Animal Morphology and Physiology

Annita Morais Girardi, São Paulo State University - UNESP Campus Jaboticabal

PhD student in Veterinary Medicine, Department of Veterinary Clinics and Surgery

Downloads

Publicado

2015-04-30

Como Citar

CARVALHO, A. C. F.; PACHECO, M. R.; BARALDI-ARTONI, S. M.; GIRARDI, A. M. TOXOPLASMOSE: AVALIAÇÃO MORFOLÓGICA E MORFOMÉTRICA DOS NEURÔNIOS DA MEDULA ESPINHAL DE CÃES SOROPOSITIVOS ASSINTOMÁTICOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 16, n. 2, p. 225–234, 2015. DOI: 10.1590/cab.v16i2.18991. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/18991. Acesso em: 22 maio. 2024.

Edição

Seção

Medicina Veterinária