GANHO DE PESO PRÉ E PÓS-DESMAME NO DESEMPENHO REPRODUTIVO DE NOVILHAS DE CORTE AOS QUATORZE MESES DE IDADE

Autores

  • Ricardo Zambarda Vaz Professor Universidade regional Integrada do Alto Uruguai e Missões - URI Campus de Santiago
  • João Restle Professor visitante nacional sênior (CAPES) – PPGCAT-UFT.
  • Paulo Santana Pacheco Professor adjunto Universidade Federal de Santa Maria - Departamento de Zootecnia
  • Fabiano Nunes Vaz Professor adjunto Universidade Federal de Santa Maria - DAEAER
  • Leonir Luiz Pascoal Professor adjunto Universidade Federal de Santa Maria - Departamento de Zootecnia
  • Marcia Bitencourt Vaz URI Campus de Santiago

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v13i3.17527

Palavras-chave:

Charolês, condição corporal, estro, peso ao acasalamento, prenhez

Resumo

Foram estudados o desenvolvimento e o desempenho reprodutivo de 66 novilhas mestiças Charolês, acasaladas aos quatorze meses de idade, classificadas em quatro grupos, conforme o ganho de peso médio diário (GMD) pré e pós-desmame: AA= novilhas com GMD superior a 0,54 kg e 0,73 kg, respectivamente; AB= novilhas com GMD superior a 0,54 kg e inferior 0,73 kg, respectivamente; BA= novilhas com GMD inferior a 0,54kg e superior a 0,73 kg, respectivamente; BB= novilhas com GMD inferior a 0,54 kg e 0,73 kg, respectivamente. O peso no início e no final do período de acasalamento, bem como o desempenho reprodutivo das novilhas foi influenciado pelo ganho de peso das novilhas nas fases pré e pós-desmame. O grupo AA mostrou melhor desenvolvimento sobre os demais, não havendo diferença entre os grupos AB e BA.  O grupo AA foi superior aos demais no desempenho reprodutivo com exceção do grupo AB. As novilhas cíclicas apresentaram desenvolvimento superior durante a recria e o período de acasalamento do que as novilhas acíclicas. O desempenho reprodutivo das novilhas correlacionou-se positivamente com peso e condição corporal no início e no final do período reprodutivo. Maiores ganhos de peso nas fases pré e pós-desmame melhoram o desempenho reprodutivo de novilhas de corte.

PALAVRAS-CHAVE: Charolês; condição corporal; estro; peso ao acasalamento; prenhez.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Zambarda Vaz, Professor Universidade regional Integrada do Alto Uruguai e Missões - URI Campus de Santiago

Downloads

Publicado

2012-09-28

Como Citar

VAZ, R. Z.; RESTLE, J.; PACHECO, P. S.; VAZ, F. N.; PASCOAL, L. L.; VAZ, M. B. GANHO DE PESO PRÉ E PÓS-DESMAME NO DESEMPENHO REPRODUTIVO DE NOVILHAS DE CORTE AOS QUATORZE MESES DE IDADE. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 13, n. 3, p. 272–281, 2012. DOI: 10.5216/cab.v13i3.17527. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/17527. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal