AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS ECOGRÁFICOS DE DESENVOLVIMENTO GESTACIONAL DE OVINOS DA RAÇA SANTA INÊS

Autores

  • Ananda Krishna de Moraes Ramos UnB
  • Jairo Pereira Neves UnB
  • Concepta McManus UnB
  • Carolina Madeira Lucci UnB
  • Helena Cristina Rodrigues Carneiro UnB
  • Rodrigo de Souza Amaral UnB

Palavras-chave:

Ovinos, reprodução, gestação

Resumo

Tendo como objetivo principal investigar a confiabi-lidade dos parâmetros de desenvolvimento para estimativa da idade gestacional, 32 ovelhas da raça Santa Inês foram submetidas a um programa de sincronização estral e aca-saladas, resultando na gestação de 18 delas. As avaliações ultra-sonográficas foram realizadas do 8° ao 55° dia de prenhez, considerando dia zero como o primeiro dia da cobertura. Estabeleceram-se como critérios para o diag-nóstico, de prenhez, a visualização do feto e os batimentos cardíacos. Para avaliação da idade gestacional, utilizaram-se os seguintes parâmetros: o comprimento crânio-caudal (CCC), o diâmetro biparietal (DBP), o diâmetro torácico (DT), e a mensuração da vesícula gestacional. Todos os parâmetros apresentaram correlação positiva com a idade gestacional, com destaque para o DBP, tanto pela maior confiança como facilidade de avaliação.  Adicionalmente, foram elaboradas equações de crescimento para determina-ção da idade gestacional a partir das medidas realizadas. Em relação à via de acesso para exame ecográfico, a transretal evidenciou maior praticidade até os 45 dias pós-serviço. A partir desse período, a transabdominal demonstrou ser mais adequada. PALAVRAS-CHAVES: Fetometria, idade gestacional, ovelha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-09-15

Como Citar

RAMOS, A. K. de M.; NEVES, J. P.; MCMANUS, C.; LUCCI, C. M.; CARNEIRO, H. C. R.; AMARAL, R. de S. AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS ECOGRÁFICOS DE DESENVOLVIMENTO GESTACIONAL DE OVINOS DA RAÇA SANTA INÊS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 8, n. 3, p. 537–544, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/1731. Acesso em: 7 jul. 2022.

Edição

Seção

Medicina Veterinária