ALTERAÇÕES HISTOPATOLÓGICAS EM PULMÕES DE CÃES PORTADORES DE DIROFILARIOSE PULMONAR NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, BRASIL

Autores

  • Glaucio Luis Mata Mattos Instituto de Veterinária Jorge Vaitsman
  • Dalton Garcia Mattos Jr Universidade Federal Fluminense
  • Rogério Tortelly Universidade Federal Fluminense
  • Rodrigo Caldas Menezes FIOCRUZ
  • Washington de Oliveira Silva Secretaria de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Alterações histopatológicas, artéria pulmonar, cães, Dirofilaria immitis, pulmões

Resumo

Foi realizada a análise, à microscopia óptica, das alterações histopatológicas de pulmões associadas à infecção por Dirofilaria immitis em trinta e três cães provenientes do Município de Niterói, Rio de Janeiro. Observou-se uma grande diversidade em número e intensidade de lesões. As alterações mais freqüentes do parênquima pulmonar foram pneumonia intersticial, espessamento do septo alveolar e infarto, enquanto as menos observadas foram pleurisia fibrosa focal e hemorragia. Das alterações mais freqüentes evidenciadas na artéria pulmonar e suas ramificações, citem-se trombose e projeções da íntima para o lúmen, sendo pseudoaneurisma e esclerose pouco evidenciadas. Registraram-se, na presença de microfilárias no parênquima, infiltrado predominantemente formado por células mononucleares e a participação freqüente de infiltrado misto ou por células mononucleares na destruição da parede de vasos. Concluiu-se que mais estudos são necessários ao conhecimento da etiopatogenia da dirofilariose, após recentes estudos que consideram uma bactéria endossimbionte de artrópodes, a Wolbachia, como a terceira variável, ao invés da clássica dualidade da relação hospedeiro–parasito.

PALAVRAS-CHAVES: Alterações histopatológicas, artéria pulmonar, cães, Dirofilaria immitis, pulmões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glaucio Luis Mata Mattos, Instituto de Veterinária Jorge Vaitsman

-Médico Veterinário, Graduado na UFF. -Mestrado em Ciências Veterinárias, Subárea de Medicina Veterinária Coletiva e Saúde Pública na UFF - Chefe da Seção de Virologia do S/SCZ-IJV.: De 12/06 até a presente data. - Chefe do Setor de Biotério do S/SCZ-IJV: de setembro de 2006 até dezembro de 2006 - Professor da FAGRAM - FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRO-AMBIENTAIS, faculdade de zootecnia, nas disciplinas de histologia, parasitologia, imunologia e microbiologia

Dalton Garcia Mattos Jr, Universidade Federal Fluminense

1-       Professor Associado do Departamento de Saúde Coletiva Veterinária e Saúde Pública (MSV) da Faculdade de Veterinária da UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF, Niterói, R.J. e Professor Titular do curso de Medicina Veterinária do CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS - UNIFESO

Rogério Tortelly, Universidade Federal Fluminense

1-       Professor Associado do Departamento de Patologia e Clínica Veterinária da Faculdade de Veterinária da UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF,  Niterói,  R.J.

Rodrigo Caldas Menezes, FIOCRUZ

- Médico Veterinário do Serviço de Zoonoses do Instituto de Pesquisa Evandro Chagas FIOCRUZ.

Washington de Oliveira Silva, Secretaria de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro

Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Pesca e Desenvolvimento do Interior/R.J.

Downloads

Publicado

2008-12-21

Como Citar

MATTOS, G. L. M.; MATTOS JR, D. G.; TORTELLY, R.; MENEZES, R. C.; SILVA, W. de O. ALTERAÇÕES HISTOPATOLÓGICAS EM PULMÕES DE CÃES PORTADORES DE DIROFILARIOSE PULMONAR NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, BRASIL. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 9, n. 4, p. 1144–1151, 2008. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/1701. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Medicina Veterinária