CRESCIMENTO, COMPORTAMENTO INGESTIVO E DESEMPENHO REPRODUTIVO DE NOVILHAS MESTIÇAS HOLANDÊS X ZEBU, EM PASTEJO, SUBMETIDAS À SUPLEMENTAÇÃO PROTÉICA DURANTE A ÉPOCA DAS ÁGUAS

Autores

  • Ricardo Dias Signoretti APTA Regional - Pólo da Alta Mogiana - Colina/SP
  • Maria Fernanda S. Queiroz Departamento de Agropecuária Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias, CEP. 58.220-000, Bananeiras, PB
  • Telma Teresinha Berchielli Departamento de Zootecnia da FCAV/UNESP, 14884-900, Jaboticabal, SP.
  • Anita Shmidek APTA Regional - Pólo da Alta Mogiana - Colina/SP.
  • Elisa Marcela de Oliveira Pós – graduando em Zootecnia, FCAV/UNESP, 14884-900, Jaboticabal, SP.
  • Vanessa Dib Pós – graduando em Zootecnia, FCAV/UNESP, 14884-900, Jaboticabal, SP.

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v13i3.14425

Palavras-chave:

Desempenho, recria novilhas leiteiras, suplementação a pasto

Resumo

Objetivou-se avaliar o efeito da suplementação proteica, na época das águas, sobre o desenvolvimento corporal, o comportamento ingestivo e o desempenho reprodutivo de novilhas mestiças Gir x Holandês, com idade média de 21 ± 4,1 meses e peso corporal (PC) médio inicial de 296,7 ± 57,3 kg, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e seis repetições por tratamento. As novilhas permaneceram em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu, manejada em sistema de pastejo intermitente e, como tratamento, utilizou-se suplementação com concentrado proteico (34%, 43%, 56% e 66% de PB) e nível de fornecimento 0,30% do PC.  Os animais foram pesados e o PC médio do lote usado para os cálculos de ajuste na quantidade de concentrado oferecido. As novilhas foram inseminadas aos 330,0 kg de PC e decorridos 45 dias da inseminação foi realizado o diagnóstico de gestação para o cálculo da taxa de gestação e idade à concepção. Não houve diferença dos níveis de PB sobre o comportamento de pastejo e na permanência no cocho, no desempenho reprodutivo e na idade à concepção de novilhas leiteiras em pastejo. O ganho médio diário de PC e a idade à concepção foram, em média, 0,907 kg/animal e 24,03 meses, respectivamente.

PALAVRAS-CHAVE: ganho de peso; pastejo; recria de novilhas; suplementação; taxa de gestação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-09-28

Como Citar

SIGNORETTI, R. D.; QUEIROZ, M. F. S.; BERCHIELLI, T. T.; SHMIDEK, A.; OLIVEIRA, E. M. de; DIB, V. CRESCIMENTO, COMPORTAMENTO INGESTIVO E DESEMPENHO REPRODUTIVO DE NOVILHAS MESTIÇAS HOLANDÊS X ZEBU, EM PASTEJO, SUBMETIDAS À SUPLEMENTAÇÃO PROTÉICA DURANTE A ÉPOCA DAS ÁGUAS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 13, n. 3, p. 298–305, 2012. DOI: 10.5216/cab.v13i3.14425. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/14425. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal