PROTOZOÁRIOS GASTRINTESTINAIS EM BUGIOS (Alouatta sp.) MANTIDOS EM CATIVEIRO

Autores

  • Aleksandro Schafer da Silva UFSM
  • Luciana TOUREM GRESSLER UFSM
  • Valéria Maria Lara UFSM
  • Silvia Gonzalez Monteiro UFSM
  • Adriano Bonfim Carregaro UFSM

Palavras-chave:

Sanidade Animal

Resumo

Este estudo avaliou o parasitismo gastrintestinal por protozoários em bugios (Alouatta sp.) mantidos em cativeiro no município de Santa Maria, RS. Foram analisadas amostras de fezes de oito macacos das espécies Alouatta caraya e Alouatta guariba, pelo método de centrífugo-flutuação com sulfato de zinco. Observaram-se oocistos de Cryptosporidium spp. nas fezes de todos os animais pesquisados, sendo que em três deles havia infecção mista com cistos de Giardia spp. Analisando a água oferecida aos primatas detectou-se a presença elevada de oocistos de Cryptosporidium sp. e raros oocistos de outro coccidio. Conclui-se que os macacos A. caraya e A. guariba, mantidos em cativeiro, são hospedeiros dos gêneros Giardia e Cryptosporidium.

PALAVRAS-CHAVES: Alouatta sp., bugio, Cryptosporidium spp., Giardia spp.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aleksandro Schafer da Silva, UFSM

1 - Acadêmico de Graduação do Curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria – RS, Brasil.

Luciana TOUREM GRESSLER, UFSM

1 - Acadêmico de Graduação do Curso de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria – RS, Brasil.

Valéria Maria Lara, UFSM

2 - Departamento de Microbiologia e Parasitologia, CCS, UFSM, Santa Maria – RS, Brasil.

Silvia Gonzalez Monteiro, UFSM

2- Departamento de Microbiologia e Parasitologia, CCS, UFSM - Faixa de Camobi - Km 9, Campus Universitário, Santa Maria – RS, Brasil. 97105-900, Prédio 20, Sala 4232. Fax: (55) 3220-8958. Autor para correspondência: sgmonteiro@uol.com.br

Adriano Bonfim Carregaro, UFSM

3 - Departamento de Clínica de Pequenos Animais, CCR, UFSM, Santa Maria – RS, Brasil.

Downloads

Publicado

2009-07-03

Como Citar

DA SILVA, A. S.; GRESSLER, L. T.; LARA, V. M.; MONTEIRO, S. G.; CARREGARO, A. B. PROTOZOÁRIOS GASTRINTESTINAIS EM BUGIOS (Alouatta sp.) MANTIDOS EM CATIVEIRO. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 10, n. 2, p. 669–672, 2009. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/1382. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Nota Científica