EFEITO DO JEJUM PÓS-ECLOSÃO SOBRE PINTOS DE CORTE PROVENIENTES DE OVOS LEVES E PESADOS

Autores

  • Rafael Raile Riccardi UNESP
  • Euclides Braga Malheiros Universidade estadual Paulista - UNESP
  • Isabel Cristina Boleli Universidade Estadual Paulista - UNESP

DOI:

https://doi.org/10.5216/cab.v10i4.1194

Palavras-chave:

Produção de Aves

Resumo

Este estudo analisou o efeito do jejum pós-eclosão sobre o peso corporal e pesos do fígado, coração e saco de vitelo de pintos provenientes de ovos leves de matrizes jovens (29 semanas) e de ovos pesados de matrizes velhas (60 semanas). Foi analisado o efeito de três regimes alimentares (alimentação com água e ração, jejum de água e ração e jejum de ração), da duração do jejum (24, 48 e 72 horas), e de dois pesos de ovos (leves ou pesados), e as suas interações. O jejum afetou os pesos corporal e  dos órgãos. Pintos de ovos pesados perderam mais peso e absorveram mais o saco de vitelo que os pintos de ovos leves. O efeito do jejum  sobre  os pesos corporal e do  fígado ocorreu com 24 horas,  e sobre o peso do coração  com 72 horas.
PALAVRAS-CHAVES: Idade da matriz, jejum, órgãos, peso corporal. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Euclides Braga Malheiros, Universidade estadual Paulista - UNESP

Docente do Departamento de Ciências Exatas, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias

Isabel Cristina Boleli, Universidade Estadual Paulista - UNESP

Docente do Departamento de Morfologia e Fisiologia Animal, Faculdade de CIências Agrárias e Veterinárias

Downloads

Publicado

2009-12-17

Como Citar

RICCARDI, R. R.; MALHEIROS, E. B.; BOLELI, I. C. EFEITO DO JEJUM PÓS-ECLOSÃO SOBRE PINTOS DE CORTE PROVENIENTES DE OVOS LEVES E PESADOS. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 10, n. 4, p. 1013–1020, 2009. DOI: 10.5216/cab.v10i4.1194. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/1194. Acesso em: 27 fev. 2024.

Edição

Seção

Produção Animal