QUALIDADE INTERNA E DA CASCA PARA OVOS DE POEDEIRAS COMERCIAIS DE DIFERENTES LINHAGENS E IDADES

Autores

  • Fabyola Barros de Carvalho
  • José Henrique Stringhini
  • Roberto de Moraes Jardim Filho
  • Nadja Susana Mogyca Leandro
  • Marcos Barcellos Café
  • Helder Amorin Silva Borges de Deus

Resumo

O objetivo deste trabalho foi verificar a influência da linhagem e da idade de poedeiras comerciais sobre a qualidade interna e da casca do ovo recém-posto. Utilizaramse 48 ovos brancos de quatro linhagens de poedeiras comerciais leves (Babcock B 300, Hy Line W36, Lohmann White e Hisex) de três diferentes idades (29, 60 e 69 semanas). O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado em um esquema fatorial 4 x 3 (linhagem x idade). Avaliaram-se o peso do ovo, a percentagem de gema e albume, a altura de albume, a gravidade específica e unidade Haugh. A linhagem Babcock B 300 mostrou melhor resultado ( P< 0,05) para unidade Haugh ( 97,23) e altura de albume ( 9,28 mm) comparado à Hisex (89,46 e 8,19 mm, respectivamente). Para percentagem de gema, ovos da linhagem Hy Line W36 (29,63%), com 69 semanas de idade, foram superiores (P<0,05) às linhagens Babcock B300 (26,28%), Hisex (26.43%) e Lohmann White (26,58%). Concluiu-se que o ovo aumenta de tamanho, à medida que a unidade Haugh e a altura de albume diminuem com o avançar da idade, mostrando que, independentemente da linhagem, a qualidade interna e da casca tendem a piorar. PALAVRAS-CHAVE: Idade, linhagem, ovos, poedeiras, qualidade interna.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-04-20

Como Citar

CARVALHO, F. B. de; STRINGHINI, J. H.; JARDIM FILHO, R. de M.; LEANDRO, N. S. M.; CAFÉ, M. B.; DEUS, H. A. S. B. de. QUALIDADE INTERNA E DA CASCA PARA OVOS DE POEDEIRAS COMERCIAIS DE DIFERENTES LINHAGENS E IDADES. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 8, n. 1, p. 25–30, 2007. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/1155. Acesso em: 7 fev. 2023.

Edição

Seção

Produção Animal