MULTIDIMENSIONALIDADE E APRENDIZADO BIOLÓGICO:

UM ENSAIO SOBRE A CONDIÇÃO DE ESTAR VIVO

Autores

  • Jair Moisés de Sousa Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Patos, Paraíba, Brasil. jair.moises@professor.ufcg.edu.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v12i1.71790

Palavras-chave:

Transdiciplinaridade, Complexidade, Conhecimentos Biológicos, Religação de saberes, Epistemologia.

Resumo

O ato de conhecer e aprender é uma condição de todo organismo dotado de vida. Conhecemos, não por sermos humanos, mas por estarmos vivos e imersos em experiências e existencialidades. Para viver é necessário ter a consciência de estar vivo disponível a vida, além de responder a seguinte pergunte: o que move a construção das ideias?   O objetivo deste trabalho é discutir, de forma ensaística, os aspectos transdiciplinares e complexos da construção dos conhecimentos biológicos e propor uma biologia capaz de religar às ciências, as artes e as humanidades. Uma Biologia como sendo um discurso sobre a vida e os seres vivos, capaz de assimilar a impossibilidade de uma fronteira entre o mundo vivo e não vivo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Como Citar

MOISÉS DE SOUSA, J. MULTIDIMENSIONALIDADE E APRENDIZADO BIOLÓGICO:: UM ENSAIO SOBRE A CONDIÇÃO DE ESTAR VIVO. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 12, n. 1, 2022. DOI: 10.5216/teri.v12i1.71790. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/71790. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS