Você Pode Ser Uma Estrela!

Persistência não significa ganância por destaque, mas a crença de que é possível mais.

Autores

  • Antônio Rocha

Palavras-chave:

Desafio. Felicidade. Perspectiva. Poder. Sonho.

Resumo

O artigo visa mostrar a importância da luta do indivíduo por constantes melhorias nas condições de vida, o sonho da busca pelo conhecimento, mas ao mesmo tempo preocupa em esclarecer que não se pode confundir sonho, persistência e perspectiva, com ambição individualizada sem uma fundamentação ideológica adequada. Amparado em referenciais bibliográficos, os argumentos perpassam por teorias que mostram, na viabilidade humana, a importância da persistência e, também, a importância do potencial criativo. Todos nós temos direito a duvidar, opinar, construir paradigma, ser crítico à injustiça cometida contra a humanidade, mas ao mesmo tempo, devemos estar cientes dos riscos de perseguição e crueldade que se pode sofrer por possuir esta postura crítica. Os referenciais vão mostrar personagens que viveram essas mazelas da vida, deixando claro que os desafios enfrentados por esses personagens são compatíveis com o tamanho da sua ação, ou, da ausência dela, principalmente no momento de transição da vida individual à coletiva, do ajuste pessoal ao controle social dos últimos tempos. Na verdade, o que sempre está em jogo é a busca pela felicidade, por vezes confundida com o status social, com o poder, com a autoridade e com o controle. Enfim, o propósito da reflexão está em afirmar que é preciso sonhar e lutar pela perspectiva sonhada, porque, sonho que não se sonha, não existe. O contraste entre sonho, desafio e perspectiva é o foco da reflexão neste artigo. A era das informações e do controle ideológico tem causado frustrações no indivíduo que, mesmo sendo um ser pensante, age como se não soubesse pensar. O comodismo, ou insegurança de um lado, os estímulos e as perspectivas, impulsionado, do outro, levam o indivíduo ao cansaço, a incerteza, a entrar na inércia.   

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antônio Rocha

Mestre em Ciências da Educação - UNADES – Paraguai. Especialização em Ciências de Educação – FAP – ES. Especialização em Filosofia da Educação – FAP – ES. Especialização em Didática e Metodologia do Ensino Superior – UNIOURO – RO. Licenciatura Plena em Pedagogia – UNIR – RO e Técnico em Agropecuária.

Referências

BORGES, M. de S. Raízes da Depressão: enfrentado o mal do século. Jocum. Almirante Tamandaré, Paraná, 2017.
CORTELLA, M. S. Viver em paz para morrer em paz: se você não existisse, que falta faria. Planalto. São Paulo, 2017.
HAN, B. C. Sociedade da Transparência. Tradução: Enio Paulo Giachini. Vozes. Rio de Janeiro, 2017.
_____, B. C. Sociedade do Cansaço. Tradução: Enio Paulo Giachini. 2ª. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2015.
KEMP. J. Pai inteligente influencia o filho adolescente - Se você não fizer, alguém o fará. Graça. Rio de Janeiro, 2013.
LLÁCER, T. Nietzsche - O super-homem e a vontade de poder. Salvat. São Paulo, 2015.
MASCHIO, E.A. Dal. Santo Agostinho. O doutor da graça divina contra o mal. Salvat. São Paulo, 2015.
MILANI, C. Diderot – O espírito do Iluminismo françês. Salvat. São Paulo, 2015).
Tradutor Google. Disponível em < tradutor google - Bing > Acesso em 21/01/2021
SOUZA, A. I. Paulo Freire. Vida e obra. Expressão Popular. São Paulo, 2001.

Downloads

Publicado

2021-12-29

Como Citar

ROCHA, A. Você Pode Ser Uma Estrela! Persistência não significa ganância por destaque, mas a crença de que é possível mais. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 11, n. 1, 2021. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/67428. Acesso em: 28 jan. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS