NÍVEIS DE SALINIDADE E BIOFERTILIZANTE BOVINO NA PRODUÇÃO DE FITOMASSA DE AMENDOIM (Arachis hypogeae L.). DOI: 10.5216/teri.v5i2.38744

Autores

  • Lunara de Sousa ALVES Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba
  • Sebastião de Sebastião de MELO FILHO Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba – Brasil.
  • Mário Leno Martins VÉRAS agronomia, Universidade Federal da Paraíba - UFPB/Campus II - Areia – Paraíba – Brasil.
  • Danila Lima de ARAÚJO Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Campina Grande – Paraíba – Brasil.
  • Raimundo ANDRADE Prof. Doutor do Departamento de Agrárias e Exatas, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV –

DOI:

https://doi.org/10.5216/teri.v5i2.38744

Palavras-chave:

Oleaginosa, estresse salino, agricultura orgânica

Resumo

O amendoim é uma cultura muito produzida devido sua ampla utilização na alimentação como na produção de biodiesel. Objetivou-se com esta pesquisa estudar níveis de salinidade e biofertilizante bovino na produção de fitomassa de amendoim (Arachis hypogeae L.). O experimento foi conduzido em viveiro da Universidade Estadual da Paraíba – Campus IV. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições no esquema fatorial 4 x 2, totalizando 32 unidades experimentais. Os tratamentos foram compostos a partir da combinação do fator condutividade elétrica da água de irrigação (CEa): (S1 = 0,8; S2 = 1,5; S3 = 3; e S4 = 4,5 dS m-1) na ausência e presença de biofertilizante. Os níveis de salinidade influenciaram de forma significativa o peso seco parte aérea, peso seco total, peso seco da folha e peso seco do caule a nível de (p<0,01) apenas o peso verde da raiz não apresentou diferença estatística. Para a influência da aplicação de biofertilizante não foram identificados efeitos significativos para nenhuma das variáveis, o mesmo podendo ser observado para a interação entre os fatores salinidade x biofertilizante. Constatou-se que o amendoim respondeu negativamente aos efeitos dos níveis de salinidade. O biofertilizante bovino não influenciou na produção de fitomassa de amendoim.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lunara de Sousa ALVES, Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba

Mestranda em Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba – Brasil. lunara_alvesuepb@hotmail.com

Sebastião de Sebastião de MELO FILHO, Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba – Brasil.

Mestre em Sistemas Agroindustriais, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Pombal– Paraíba – Brasil. josesebastiaouepb@yahoo.com.br

Mário Leno Martins VÉRAS, agronomia, Universidade Federal da Paraíba - UFPB/Campus II - Areia – Paraíba – Brasil.

Mestrando em agronomia, Universidade Federal da Paraíba - UFPB/Campus II - Areia – Paraíba – Brasil. mario.deus1992@bol.com.br

Danila Lima de ARAÚJO, Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Campina Grande – Paraíba – Brasil.

Mestre em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Campina Grande - UFCG – Campina Grande – Paraíba – Brasil. danilalimaraujo@hotmail.com

Raimundo ANDRADE, Prof. Doutor do Departamento de Agrárias e Exatas, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV –

Prof. Doutor do Departamento de Agrárias e Exatas, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB/Campus IV – CEP 58884-000 - Catolé do Rocha – Paraíba – Brasil. raimundoarndrade@uepb.edu.br

Downloads

Publicado

2015-11-30

Como Citar

ALVES, L. de S.; MELO FILHO, S. de S. de; VÉRAS, M. L. M.; ARAÚJO, D. L. de; ANDRADE, R. NÍVEIS DE SALINIDADE E BIOFERTILIZANTE BOVINO NA PRODUÇÃO DE FITOMASSA DE AMENDOIM (Arachis hypogeae L.). DOI: 10.5216/teri.v5i2.38744. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 5, n. 2, p. 155–168, 2015. DOI: 10.5216/teri.v5i2.38744. Disponível em: https://revistas.ufg.br/teri/article/view/38744. Acesso em: 28 maio. 2024.