Os desafios da atuação docente quanto ao processo de alfabetização da criança cega por meio do sistema Braille

Autores

  • Lilian Cristina dos Santos Secretaria Municipal de Educação (SME), Anápolis, Goiás, Brasil, lilianpsi2012@gmail.com
  • Carla Salomé Margarida de Souza Universidade Estadual de Goiás (UEG), Inhumas, Goiás, Brasil, c.salome@hotmail.com
  • Marlene Barbosa de Freitas Reis Universidade Estadual de Goiás (UEG), Goiás, Brasil, marlene.reis@ueg.br

DOI:

https://doi.org/10.5216/rp.v34i1.77908

Resumo

O objetivo desta produção consiste em discutir acerca da relevância do processo de alfabetização da criança cega por meio
do Sistema Braille, bem como problematizar os desafios da prática docente nesse aspecto. Para esta produção, nos apoiamos
em pesquisa qualitativa, com fundamentação em pesquisadores da área, entre outros, Mantoan (2003), Costa (2009), Santos,
Reis e Siqueira, (2020). Além de pesquisas teóricas, realizamos entrevistas com duas professoras vinculadas à Secretaria
Municipal de educação de Anápolis/Go, as quais atuam junto ao Atendimento Educacional Especializado (AEE). Os
resultados obtidos apontaram que a alfabetização da criança cega por meio do Sistema Braille, é necessária para uma plena
formação acadêmica. Contudo, apesar dos expressivos esforços das professoras entrevistadas, os estudos revelaram que o
processo de alfabetização da criança cega esbarra em questões desafiadoras e limitadoras, entre as quais, destacam-se a
escassez quanto à efetivação de políticas públicas voltadas à disponibilização dos recursos didáticos necessários para esta
alfabetização, bem como a carência quanto à difusão do Sistema Braille nos processos de formação docente.
Palavras-chave: criança cega, alfabetização, sistema braille.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-12-05

Como Citar

SANTOS, L. C. dos; SOUZA, C. S. M. de; REIS, M. B. de F. Os desafios da atuação docente quanto ao processo de alfabetização da criança cega por meio do sistema Braille. Revista Polyphonía, Goiânia, v. 34, n. 1, p. 187–200, 2023. DOI: 10.5216/rp.v34i1.77908. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sv/article/view/77908. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Educação e Diversidades: Interfaces com a Inclusão Escolar