Saudações Tapirapé: expresões do Tekateka

Autores

  • Eunice Dias de Paula

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v21i2.9158

Resumo

A revisita de autores aos postulados de Boas, Sapir e Whorf por meio da
Etnossintaxe, possibilita que possamos analisar, descrever e compreender
aspectos lingüísticos das línguas indígenas intrinsecamente relacionados com
a sociedade e a cultura nelas indiciados. Neste artigo apresentamos o sistema
de saudações utilizado cotidianamente pelos Tapirapé, povo indígena de Mato
Grosso. Este sistema apresenta bastante vitalidade, embora a língua se encontre
em situação de risco frente ao Português. À luz dos referenciais teóricos da
Antropologia e da Lingüística Antropológica (Boas, Sapir e Whorf e, mais
recentemente, Hymes) e da Etnossintaxe (Enfield, Wierzbicka e Pawley entre
outros), a análise dos dados nos mostra que as saudações traduzem os traços
de polidez, cortesia e gentileza profundamente arraigados no modo de ser –
tekateka – dos Tapirapé.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-03-23

Como Citar

PAULA, E. D. de. Saudações Tapirapé: expresões do Tekateka. Signótica, Goiânia, v. 21, n. 2, p. 279–304, 2010. DOI: 10.5216/sig.v21i2.9158. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/9158. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigo