O papel da língua inglesa na publicação acadêmico-científica: reflexões teóricas e o caso dos cursos de escrita on-line brasileiros

Autores

  • Ângela Francine Fuza Universidade Federal do Tocantins (UFT),Porto Nacional, Tocantins, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v29i2.43926

Palavras-chave:

Língua inglesa, cursos de escrita, publicação acadêmica, circulação do conhecimento.

Resumo

 Este artigo objetiva evidenciar, a partir de reflexão teórica e da análise de cursos de escrita on-line brasileiros, o papel que a língua inglesa desempenha no cenário acadêmico de publicação e de circulação do conhecimento. O construto teórico-metodológico do estudo são as teorias dos Novos Estudos do Letramento, no tocante aos modelos de letramento, e as pesquisas desenvolvidas sobre o emprego da língua inglesa na academia. Os resultados revelam que o trabalho com a escrita recai nos moldes do letramento autônomo e nos modelos das habilidades e da socialização acadêmica, sendo o inglês a língua predominante nos cursos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ângela Francine Fuza, Universidade Federal do Tocantins (UFT),Porto Nacional, Tocantins, Brasil

Docente do curso e do Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal do Tocantins. Doutora em Linguística Aplicada pela Unicamp e Mestre em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Publicado

2017-08-30

Como Citar

FUZA, Ângela F. O papel da língua inglesa na publicação acadêmico-científica: reflexões teóricas e o caso dos cursos de escrita on-line brasileiros. Signótica, Goiânia, v. 29, n. 2, p. Port. 302–328/Eng. 329, 2017. DOI: 10.5216/sig.v29i2.43926. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/43926. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo